Cultura

Foto: Divulgação

Nesta próxima quarta-feira,14, Victor e Léo abrem a apresentação de shows dentro da programação artística em comemoração aos 25 anos de Palmas. A dupla de grande sucesso é uma das mais tocadas nos rádios e requisitada nos programas de Tvs de todo o País. O show, uma iniciativa da Prefeitura de Palmas, acontece a partir das 22 horas, no palco principal da estrutura montada na Avenida Teotônio Segurado, próximo à Praça do Bosque.

“O show na cidade de Palmas promete. São esperadas milhares de pessoas na Avenida Teotônio Segurado”, ressalta o presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Gerson Alves. “O show é apenas mais um dos eventos que a Prefeitura e FCP trazem para a população nas comemorações do Jubileu de Prata da Capital”, completa.

“Muitos eventos foram pensados para o aniversário de Palmas. Nossa cidade está chegando a uma data marcante, e é dever da Prefeitura e da FCP trazer para a população eventos de porte nacional. Teremos shows para todos os gostos musicais e atrações em diversas partes da cidade. Todos nós esperamos uma festa linda durante todo o mês de aniversários e contamos com a presença de toda a população”, adianta Gerson.

Artistas locais têm espaço na programação. Antes da apresentação de Victor e Léo, as bandas Tom de Alerta, Mestre Cuca, Renan Lima e Rafael fazem o aquecimento do público no circuito cultural. A programação está marcada para iniciar às 20 horas.

Perfil

Nascidos em Ponte Nova, no interior de Minas, Victor e Léo, ainda crianças, ouviam canções do regional sertanejo na radiola do avô, Tonico Chaves, tendo sido seu primeiro contato com a música, principalmente nas vozes de Sérgio Reis, Renato Teixeira e Amir Sater.

Aos 12 anos, Victor vai a sua primeira aula de violão, e aos 18, compõe sua primeira canção, "Flor do Campo". Na adolescência, outras influências nacionais e internacionais surgiriam enquanto ouviam, Alceu Valença , Zé Ramalho, entre outros. Iniciaram a carreira em 1992, na cidade de Abre Campo.

Em 1994, mudaram-se para a capital Belo Horizonte, onde permaneceram cantando na noite por sete anos. Neste período, estudaram canto por cinco anos. Em 2001, transferiram para São Paulo, onde cantaram na noite por mais seis anos e meio.

No ano de 2006, a dupla mudou o cenário da música sertaneja com seu estilo único e inovador. A partir daí, surgia de pessoa a pessoa, sem gravadora, o reconhecimento nacional. Diferentemente da maioria dos artistas, a dupla não despontou no cenário nacional com apenas um hit. A partir de meados de 2006, várias canções, ao mesmo tempo, ocuparam suas primeiras posições em emissoras de rádio de todo o país e convites para programas de tvs.

O repertório da dupla inclui as canções “Tem que Ser Você”, "Fada”, "Vida Boa”, "Sinto Falta de Você”, "Amigo Apaixonado”, "Lembranças de Amor”, "Borboletas", "Deus e Eu no Sertão" e "Nada Normal", todas de autoria do Victor.

Os dois fizeram um caminho inverso até serem conhecidos nacionalmente. Passando pelo boca a boca e depois pelo rádio, só apareceram em programas de tv nacionais quando a maioria das pessoas já conhecia suas canções. Não raras vezes, a dupla fez shows para um público numeroso que cantava todas as canções sem nunca os ter visto.

A dupla possui um público muito variado, que inclui pessoas de todas as idades e classes sociais, com destaque para o público infantil. É comum chamarem crianças ao palco para cantarem junto. A dupla levou aos seus shows cerca de 13 milhões de espectadores, de 2007 a 2011, passando por todas as 27 capitais do Brasil.

Por esta marca, alguns contratantes se referem à dupla como "O Fenômeno da Música”. Victor & Leo fazem questão de demonstrar sua intenção espiritualista para com a música. Acreditam que as virtudes interiores de cada um podem ser transformadas em felicidade quando despertadas por meio de atitudes com base no amor e em Deus. Por isso, usam sua música para dividir essas energias com as pessoas em busca de um mundo melhor.https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif (Secom Palmas)