Estado

Foto: Wilson Rodrigues

O governador Sandoval Cardoso e a primeira-dama, Marcela Cardoso, prestaram suas homenagens a Dom Celso Pereira de Almeida, em Porto Nacional, na manhã desta quarta-feira, 14. Eles visitaram a Casa Paroquial e permaneceram no velório, que acontece na Catedral Nossa Senhora das Mercês. Dom Romualdo Matias Kujawski, da diocese de Porto Nacional, recebeu o governador e realizou celebração em homenagem a Dom Celso.

Além de Dom Romualdo, Sandoval e a primeira-dama foram recebidos na casa paroquial pelo prefeito do município, Otoniel Andrade, e pela Irmã Emanuela. O governador destacou o engajamento de dom Celso com ações sociais. "Dom Celso é uma pessoa muito importante, não só no meio religioso, mas também no social. Deixará muita saudade pelo seu carisma e pelo dom de acalentar os corações das pessoas", disse.

O bispo Dom Romualdo destacou a trajetória de Dom Celso."Dom Celso se tornou uma pessoa pública ainda no centro norte de Goiás e ajudou muito as pessoas em situação de pobreza, destacou, acrescentando que Dom Celso ajudou várias famílias e que buscava, incansavelmente, meios de suprir a carência dos menos favorecidos.

Dom Celso será sepultado na Catedral Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional.

Na segunda-feira, 12, dia seguinte ao falecimento do bispo, o governador publicou nota de pesar, lamentando a morte e destacando a contribuição do religioso para o povo tocantinense. 

Confira a nota:

O governador do Estado do Tocantins, em nome do povo tocantinense, lamenta profundamente o falecimento de Dom Celso Pereira de Almeida, bispo da diocese de Porto Nacional de 1976 a 1995.

Dom Celso exerceu um pastorado baseado na defesa de mais dignidade e inclusão social para as famílias de sua jurisdição diocesana, contribuindo para o desenvolvimento social e espiritual do povo do então norte de Goiás, assim como para o crescimento econômico da região e na defesa dos direitos humanos em todos os níveis.

Que a luz de Deus guie o seu caminho  na Eternidade.”  (ATN)