Cultura

Foto: Antônio Gonçalves

A atriz Cléo Pires, protagonista do filme “Boletim de Ocorrência”, foi recebida na tarde deste sábado,17, pelo Prefeito de Palmas, Carlos Amastha, pela primeira dama, Glô Amastha, pelo presidente da Fundação Cultural de Palmas (FCP), Gerson Alves, e por alguns secretários, no Gabinete II. A atriz e produção concederam entrevista coletiva à imprensa no Orquidário de Palmas.

A atriz estava acompanhada pela equipe de produção do filme “Boletim de Ocorrência”, dirigido por Tomás Portella, que terá algumas cenas gravadas em Palmas. A capital tocantinense será set das gravações dos dias 17 a 22 de maio e contará com a participação de atores e atrizes locais, além da população na figuração do filme.

Segundo Rodrigo, um dos produtores do filme, todas as cenas no Tocantins são com atores locais. “ Estou surpreso com o potencial do elenco encontrado aqui, pois usaremos o máximo do elenco local”. Ainda de acordo com o produtor, a maioria das locações são urbanas nos principais cartões postais de Palmas.

Para Cleo Pires, gravar no Estado a fez relembrar algumas histórias familiares. “Eu conheço um pouco do Estado através do meu padrasto e da história da minha avó e o meu avô na fazenda, quando aqui ainda era Goiás”, disse.

De acordo com a roteirista do filme, Martina Rupp, o filme fala sobre honestidade e anticorrupção. “A ideia é provocar uma reação da população da cidade ao se ter uma polícia cem por cento honesta. O momento é propício de disseminarmos uma mensagem de que podemos ainda ser um país melhor”,enfatizou.

Para o ex-secretário da FCP e atual secretário municipal de Saúde, Luiz Teixeira, o valor destinado ao filme pela gestão está de acordo o que preconiza o Plano Municipal de Cultura. “Todos os editais que foram lançados na época da minha gestão e recursos disponibilizados para a área estão dentro das metas do Plano Municipal de Cultura que prevê o estímulo à produção audiovisual e apoio a produções nacionais”, disse.

Em seguida, o Prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acrescentou que apoiar a produção audiovisual é salutar para o Município. "Com a produção do filme iremos atingir toda uma cadeia produtiva, gerar emprego e renda sem contar que teremos uma ampla divulgação do nosso Estado sobre o viés econômico e turístico", acrescentou.

Questionado pela imprensa sobre o valor de R$ 1 milhão de reais, destinado ao filme, o prefeito Amastha, reforçou que o investimento terá um retorno com viés econômico e cultural para Capital e para o Estado. “ O sucesso do filme e a participação de Palmas pode estimular a produção audiovisual no Estado. E a intenção é fazer editais nacionais para incentivar a produção de novos filmes pois podemos nos tornar um importante centro cinematográfico”, disse

"Boletim de Ocorrência" acontece numa cidade imaginária chamada “São Judas do Livramento” e tem seu enredo final na capital Palmas. O elenco conta com artistas nacionais como Cléo Pires, Thiago Martins, Fabrício Boliveira e Fabíola Nascimento. (Secom Palmas)