Estado

Foto: Márcio Vieira  Ao lado do ministro Henrique Paim, governador e prefeito assim termo para criação de cadastro único de programas habitacionais Ao lado do ministro Henrique Paim, governador e prefeito assim termo para criação de cadastro único de programas habitacionais

Durante a solenidade de lançamento da pedra fundamental para a construção do Hospital Universitário da Universidade Federal do Tocantins, na noite desta segunda-feira, 19, o governador Sandoval Cardoso (SD) e o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) assinaram um termo de cooperação técnica com a Prefeitura de Palmas que beneficiará os milhares de inscritos nos diversos programas habitacionais que estão em andamento na capital. A medida cria um cadastro único com todos os inscritos em programas como o PPI – Favela, Programa Habitacional de Interesse Social (PHIS), Minha Casa, Minha Vida, entre outros.

De acordo com o governador, a medida facilita identificar as pessoas inscritas em programas habitacionais e amplia o acesso delas às milhares de moradias que vem sendo construídas em Palmas. “É uma parceria entre o governo do Estado e prefeitura de Palmas, contribuindo com os programas habitacionais em desenvolvimento em Palmas e, desta forma, trabalhando para erradicar o déficit habitacional da nossa capital”, completou.

Para o prefeito Carlos Amastha, a medida beneficia a população que mais precisa, além de atender a uma demanda que, conforme o gestor, já vinha sendo discutida entre os Executivos municipal e estadual. “A gente já vinha discutindo esta parceria para fazer um cadastro único, unindo os esforços e trabalhando para a população. Estamos muito satisfeitos com a assinatura deste convênio com o governo do Estado”, celebrou.

Política habitacional

Política adotada pelo governo do Estado, a construção de moradias populares vem contribuindo para dar casa própria a quem precisa, além de ajudar a sanar um problema endêmico nas cidades brasileiras, que é o déficit habitacional. Neste sentido, a gestão estadual trabalha para entregar mais de três mil unidades habitacionais em diversas quadras de Palmas, conforme a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (SCidades).

Segundo a pasta, por meio do programa Pró-Moradia, somente na Quadra 905 Sul estão sendo construídas, ou estão em fase de licitação, 1.454 unidades habitacionais entre casas e apartamentos. Além disso, na 1303 Sul, está em andamento a construção de 654 casas e nas ALCNO 33 e 43, são mais 448 unidades habitacionais sendo construídas.  Já no Jardim Taquari, nas quadras T-22 e T-23, estão em fase de construção ou licitação outras 662 unidades habitacionais. (ATN)