Estado

Foto: Divulgação

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 23, na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o leilão para as obras de duplicação da BR-153, trecho de 624 km que vai de Anápolis (GO) até Aliança do Tocantins (TO). A empresa vencedora foi a Galvão Engenharia S.A., que ofereceu um deságio de 45,99%. Com esse deságio os pedágios terão valor reduzido. Em Dueré, o que deveria custar R$ 6,40 vai custar R$ 3,50. Em Alvorada, o pedágio caiu de R$ 6,00 para R$ 3,20 e em Talismã, caiu de R$ 5,80 para R$ 3,10.

As obras, no valor de R$ 4,31 bilhões, devem começar em até 90 dias.

A convite do diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, o senador Ataídes Oliveira (PROS-TO) acompanhou o leilão. O senador Ataídes considerou uma vitória para o Tocantins e para o governo federal. “Foi um sucesso absoluto. A duplicação desse trecho da BR-153 já passou da hora de acontecer, não era mais possível permitir que pessoas perdessem a vida nessa estrada tão perigosa. Com a duplicação e as obras de melhoria nossa população só tem a ganhar”, afirmou o senador Ataídes.

O senador Ataídes disse que irá manter o contato com a empresa vencedora para que execução se inicie o mais rápido possível e o prazo de conclusão de 5 anos seja cumprido.