Geral

Foto: Divulgação

No Tocantins 321 candidatos aprovados na primeira fase deverão a fazer a prova prático-profissional. Outros 95 candidatos se inscreveram para o reaproveitamento. A maioria dos candidatos (219) fará a prova na capital, no Colégio Marista de Palmas. Em Araguaína as provas serão aplicadas na Faculdade Católica Dom Orione para 148 candidatos, já em Gurupi 49 inscritos farão as provas no Centro Universitário Unirg.

Nesta segunda e última etapa do XIII Exame, conforme prevê o edital inicial, os candidatos terão que redigir uma peça profissional valendo cinco pontos e responder a quatro questões (valendo 1,25 pontos cada) sob a forma de situações-problema, nas seguintes áreas de opção do examinando: Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Empresarial, Direito Penal, Direito do Trabalho ou Direito Tributário e seu correspondente direito processual.

O Exame de Ordem Unificado pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Podem realizá-lo os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação em Direito ou dos dois últimos semestres. A aprovação é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado, conforme estabelece o artigo 8º, IV, da Lei 8.906/1994. (Ascom OAB)

Por: Redação

Tags: Exame de Ordem Unificado