Polí­tica

Foto: Divulgação

Convidado pela direção do PT no Tocantins a participar do encontro realizado pelo partido para a discussão do processo eleitoral deste ano de 2014 no Estado, o presidente do PV no Estado, deputado Marcelo Lelis, disse que “o povo tocantinense já demonstrou que quer mudança e não a alternância de poder. O que vimos nesses 25 anos é a alternância de poder. A população está mais amadurecida e quer agora uma alternativa nova. Uma alternativa que apresente um projeto de mudança real para o Estado. É isso que estamos construindo com o PV e acredito que seja isso que os partidos de oposição irão apresentar ao povo tocantinense”, afirmou.

Marcelo Lelis também defendeu que os partidos de oposição construam uma candidatura alternativa neste processo eleitoral. “Na eleição de 2010 o povo do Tocantins já mostrou para todos nós que queriam uma alternativa, quando entre abstenção, votos nulos e brancos representaram quase 30% dos votos válidos. Esse foi o recado que veio das urnas e é isso que temos que ter a maturidade de enxergar. A população não quer mais uma eleição plebiscitaria. O povo quer mudança, é isso que estamos vendo de Norte a Sul do Estado, por onde temos passado com o Movimento por uma Alternativa de Mudança. Percorremos mais de 100 municípios tocantinenses nesses últimos dois meses e vimos que esse sentimento de mudança está firme e forte na cabeça de cada tocantinense”, afirmou Lelis.

Para o presidente do PV, o fato de terem dois ou mais candidatos de oposição na disputa pelo Governo do Estado não enfraquece as oposições e sim cria a perspectiva clara de segundo turno, com chances concretas de um candidato de oposição vencer a disputa. “Construindo candidaturas fortes, a oposição terá chances claras de vitória. Levaremos a disputa para o segundo turno e estaremos juntos então para vencer a eleição e promover as mudanças que nosso Estado precisa”, argumentou.