Polí­cia

Foto: Ascom SSP

Trabalho investigativo de Policiais Civis de Augustinópolis e Esperantina, comandados pelo delegado Regional, Eduardo Morais Artiaga, resultou na elucidação de um homicídio, que teve como vítima um lavrador conhecido por Clayton, fato ocorrido, por volta das 21h30min da noite da última quinta-feira, 05 em Esperantina.

A Polícia Civil indiciou como suspeitos pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, José de R. D. O. 26 anos, Divinal O. S., 25 anos e efetuou a apreensão de um adolescente infrator de 15 anos. Todos são apontados como autores do crime.

Segundo a polícia, o fato ocorreu no local conhecido por Arraial dos Feitosas, às margens do Rio Araguaia e teria sido motivado em função de a vítima ter se negado a emprestar um facão aos suspeitos. Insatisfeitos com a recusa, os suspeitos teriam tomado o objeto à força e decidir por matar o homem.

Ainda segundo a polícia, no momento do homicídio, Clayton encontrava-se deitado em uma rede e não teve chances de se defender. Enquanto José segurava a vítima, Divinal e o menor teriam efetuado várias perfurações no corpo do homem com o próprio facão deste.

A polícia relata que após a consumação do crime, os suspeitos jogaram o corpo no Rio Araguaia, não tendo sido até o presente momento, localizado. Os dois indivíduos foram presos em flagrante quando tentavam fugir para o Estado do Pará e o adolescente infrator foi apreendido, também em flagrante, em sua residência.

Todos encontram-se recolhidos na Cadeia Pública de Augustinópolis a disposição do Poder Judiciário. (Ascom SSP)