Meio Ambiente

Foto: Ascom Adapec

Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins – Adapec realizou nesta última quarta-feira, 11, uma operação conjunta com Ibama, para fiscalização de descarte de embalagens vazias de agrotóxico em propriedade rural. O proprietário da fazenda, localizada no município de Pugmil foi multado pelo Ibama, sendo um auto de infração no valor de R$ 260.000,00, pelas irregularidades ambientais encontradas. 

Segundo o inspetor agropecuário da Adapec, Carlos Cesar Barbosa Lima, a operação foi montada após uma denuncia feita junto a Agência, de que um produtor rural da região não estava fazendo a devolução das embalagens vazias de agrotóxicos. “Encontramos diversas embalagens vazias descartadas de maneira irregular e o produtor recebeu as sanções necessárias”, explicou.

Segundo o inspetor agropecuário da Agência, Luciano Adão Alves Gondim, o proprietário também não realizou a dessecação da soja de tiguera, ou seja, a destruição da planta. “Esta medida é uma exigência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- Mapa, pois garante que no período de vazio sanitário não haja risco de infestação da ferrugem asiática e consequentemente, de perdas nas produções.” disse. 

O proprietário receberá auto de infração lavrados pela Adapec no valor R$ 2.700, conforme item XII do anexo I ao decreto 1634/2002 e portaria 117/2011 (artigo 7º), por não eliminar as plantas voluntárias (guaxas ou tiguera) no prazo máximo de 30 dias após sua colheita. 

A ação contou com o apoio ainda, dos engenheiros agrônomos e inspetores da Agência, Gustavo Damasceno e Max Viera. (Ascom Adapec)