Campo

Foto: Juliano Ribeiro

 A Secretaria da Agricultura e Pecuária alerta os agricultores familiares para o fim do prazo para renegociação de dívidas do Programa Nacional de Fortalecimento à Agricultura Familiar (Pronaf). A ação que garante descontos para liquidação ou simples renegociação foi autorizada pelo Conselho Monetário Nacional e deve ser feita até o próximo dia 30. Os produtores devem manifestar formalmente à instituição financeira o interesse de renegociar suas dívidas, com descontos.

A oferta é para os agricultores familiares não assentados que contrataram o Pronaf até 30 de junho de 2008 e estão inadimplentes no período até 22 de novembro de 2011, e para os assentados da reforma agrária que contrataram o Pronaf até o fim de 2010 e estão inadimplentes no período até 30 de dezembro de 2013. O agricultor assentado que optar por liquidar a dívida até o fim deste ano terá 80% de desconto sobre o saldo devedor recalculado.

Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Agrário da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), Maria Tereza Vasconcelos, o agricultor familiar que perder esse prazo de renegociação das dívidas terá muitas desvantagens, entre elas a perda do desconto. “Esta é a oportunidade para o produtor regularizar sua situação junto ao banco. Somente com a adimplência é que será possível contratar novas linhas de crédito”, afirmou.

Pronaf

O Pronaf é um programa do Governo Federal com várias linhas de crédito para financiamento de projetos coletivos ou individuais da agricultura familiar. Seja para o custeio da safra ou atividade agroindustrial, seja para o investimento em máquinas, equipamentos ou infraestrutura de produção e serviços agropecuários ou não agropecuários. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais. (Ascom Seagro)