Estado

Foto: Aldemar Ribeiro

Os produtores rurais da região nordeste do Tocantins receberam o governador Sandoval Cardoso no município de Campos Lindos, no encerramento da 9ª Festa da Soja, neste domingo, dia 23. A festa iniciou-se no último dia 19. Na ocasião Sandoval Cardoso destacou a importância da agricultura e principalmente do agronegócio para a economia do Estado.

“O agronegócio é uma vocação dessa região e do Tocantins. Sabendo disso, estamos trabalhando para aquecer ainda mais a produção de grãos aqui [em Campos Lindos]. Por isso, faço o compromisso de agilizar as ações que vão recuperar a malha asfáltica e facilitar o escoamento da produção dessa região, que muito tem contribuído com o aquecimento da nossa economia”, ressaltou o governador.

Campos Lindos é um dos principais produtores de grãos da região e mais de 30% da produção de soja do Estado se concentra no município. Cerca de 100 mil hectares de terra são cultivados com soja e milho.

Incentivos 

Com terras fartas e férteis, aliadas às características de solo e clima, mais a implementação de políticas de fortalecimento da infraestrutura logística e de incentivos fiscais, o Tocantins vem se destacando no cenário nacional como um potencial sustentador do crescimento socioeconômico com o fortalecimento da produção agrícola do Estado. Desta forma, a estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra de 2013/2014 é de recordes, principalmente na produção de grãos. Segundo a entidade, o Estado deverá produzir mais de 3 milhões de toneladas de soja este ano.     

Com o programa, Pró-Rodovia, por exemplo, o governo vai reconstruir mais de 3,3 mil km de estradas no Estado. Iniciativa que reflete diretamente na produção agrícola, por fortalecer o escoamento da produção, diminuindo os custos com transporte. A previsão é que até o fim de 2014 mais de 60% das rodovias tocantinenses estejam reconstruídas.

Os investimentos do Estado em áreas estratégicas, como o fortalecimento da infraestrutura, com a implantação dos distritos industriais - a estimativa do governo é terminar o ano com 12 distritos estruturados –, têm se mostrado efetivos para a atração de novos investimentos e fortalecimento da agroindústria no Estado, o que também serve de incentivo para o crescimento da produção, já que agrega novos valores aos produtos que passam pela industrialização.         

Outra ação desenvolvida no Estado com o objetivo de fortalecer a produção agrícola é a disponibilização e acesso ao crédito e outras ações de assistência técnica para os agricultores, por meio do Plano Safra elaborado anualmente. O Plano 2013/2014, por exemplo, que tinha como meta um investimento de R$ 200 milhões, ultrapassou o valor em R$ 6 milhões.

Exportação

Nos primeiros quatro meses deste ano, o Tocantins exportou 212.610 toneladas de produtos, movimentando US$ 171.655.831,00. Números que representam um crescimento de 1,80% em relação ao primeiro quadrimestre de 2013, quando foram comercializados US$ 168 milhões. Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

O agronegócio liderou as exportações e a soja aparece no topo do ranking de produtos vendidos para outros países, com 194.256 toneladas , o que gerou uma movimentação de US$ 95.514.539,00.

O município de Campos Lindos, com US$ 40.067.342,00 com a comercialização de 81.970 toneladas de soja, aparece como o segundo município com maior volume de receita, atrás de Araguaína - que liderou o ranking com carnes, produtos e subprodutos. O grão foi enviado neste primeiro quadrimestre de 2014 para a China - que comprou US$ 24.313.162, ou seja, 60,68% do total exportado pelo município. A Espanha comprou US$ 14.414.272 em produtos, ou seja, 35,98%; e a Tailândia US$ 1.339.908, correspondendo a 3,34% do total. (ATN)