Estado

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) informou ao Conexão Tocantins que mudanças em cargos e funções comissionadas são naturais da administração pública e visam otimizar as ações. A resposta da pasta foi sobre as exonerações de alguns servidores da área cultural.

 Conforme a pasta explicou o músico e compositor Toninho Borges ainda não tomou posse, mas foi escolhido para assumir a Diretoria de Arte e Cultura por ser da área cultural, ter perfil conciliador e bom relacionamento com os agentes culturais do Tocantins. Ele e a secretária de Estado da Educação e Cultura, Adriana Aguiar, devem se reunir ainda nesta terça-feira, 24.

Sobre a cobrança com relação aos Editais de Cultura a pasta informou que eles   passam por análise do Ministério Público Estadual, que recebeu reclamações de que entre os projetos habilitados haveria situações que não os tornariam aptos a serem contemplados. Desta forma, em respeito a todos os inscritos, com projetos habilitados ou não, o governo do Estado escolheu aguardar a conclusão dos trabalhos do MPE para decidir sobre a homologação dos editais.