Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Stalin Bucar (Solidariedade) teve seu nome retirado da lista de gestores com as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na última segunda-feira, dia 30, o presidente em exercício do TCE, conselheiro Manoel Pires dos Santos, comunicou o fato, via ofício, à presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Ângela Prudente, e ao procurador-geral eleitoral, Álvaro Manzano.

O documento informa que a alteração ocorreu porque Stalin apresentou ao TCE “certidões, decretos e ata” que atestam que a Câmara Municipal de Miranorte aprovou suas contas. A relação de gestores, com parecer prévio pela rejeição de suas contas, é emitida pelo TCE e serve de base para que a Justiça Eleitoral decida quais candidatos estão inelegíveis a cada eleição.