Estado

Foto: Flavio Monteiro

Moradores de Luzimangues, distrito de Porto Nacional estão incomodados com a quantidade de lixo, que segundo eles, está se acumulando há 19 dias nas portas de suas casas. Ouvidos pelos Conexão Tocantins, alguns moradores afirmaram que pedem sucessivamente que as coletas sejam realizadas, no entanto, o lixo acumula e nada de soluções. Otoniel disse que enfrenta problemas.

Flávio Monteiro, morador do distrito, afirmou ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 3, que os moradores já não aguentam mais de tanto pedir ao sub-prefeito Rogério Tonaco que acione o veículo de coleta de lixo. "Tem 19 dias que não passa. Diz que vai passar, vai passar e não passa”, questionou. Ainda segundo Flávio, a situação é mais crítica nos bairros Jardim do Posto e Portal do Lago. “Antigamente era na quarta e no sábado (a coleta), agora nem isso”, disse.

Lúcio de Paula, comerciante no Distrito, também reclamou, tanto da falta de coleta de lixo, quanto da iluminação. Lúcio confirmou que há mais de 19 dias o lixo não é recolhido e que uma possível solução seria a queima, mas por agredir ao meio ambiente, achou melhor não realizar.

O comerciante ainda acrescentou que a falta de iluminação pública está trazendo insegurança. “Desde de quando mudei tem 4 anos, pago iluminação pública e aqui a noite fica tudo escuro, já fui roubado e o nosso faturamento caiu uns vinte por cento porque ninguém quer vir comprar no escuro por causa da insegurança. Pago a taxa de iluminação pública sem ter. Eu estou sendo roubado”, disse.

Prefeito Otoniel

Segundo o prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, o problema enfrentado na coleta do lixo está sendo para onde descartar o mesmo. Segundo ele, o lixo está sendo coletado e encaminhado para Porto Nacional. “Nós tentamos uma parceria com o prefeito Amastha e Palmas negou. Para trazer o lixo para Porto e complicado. Nós estamos desapropriando uma área para criar um aterro sanitário, um projeto que está em encaminhamento, mas a justiça demora. Não é fácil, a gente tenta explicar, compramos um caminhão pra lá, só está dependendo da justiça liberar essa área”, afirmou.

O prefeito desmentiu a afirmação dos moradores e disse que não tem 19 dias sem coleta de lixo, "quem falou isso não está falando a verdade”, disse Otoniel, afirmando que a coleta está sendo realizada duas vezes por semana.

Subprefeito

O subprefeito, Rogério Tonaco afirmou que as coletas são realizadas toda terça-feira, quinta e sábado cada dia em um setor determinado e por problemas no caminhão que faz a coleta, não foi possível coletar o lixo em alguns dias.

Segundo Rogério, o caminhão deve regularizar a partir da próxima quinta-feira. Ele também explicou: "não é que tem 19 dias, o que acontece é que no dia que foi para fazer o setor em que a pessoa está reclamando, foi o dia em que o caminhão quebrou, ai se falha um dia dá duas semanas”, salientou

Iluminação

Sobre a iluminação o subprefeito afirmou que está sendo analisado loteamento por loteamento, "porque tem partes que é de responsabilidade da prefeitura a manutenção, mas a colocação de iluminação no poste é de responsabilidade do loteador. O que é de responsabilidade da prefeitura na medida do possível a gente está atendendo. Agora o que é de responsabilidade do loteador, não tem como a prefeitura colocar, então a prefeitura está cobrando do loteador”, pontuou.