Economia

Foto: Sandro Souza

Os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referente a junho de 2014, revelam que no primeiro semestre de 2014, foram gerados 4.996 empregos com carteira assinada no Tocantins. Um crescimento de 3,04% em relação ao estoque de dezembro de 2013. O setor da Construção Civil foi o grande responsável pelas novas contratações (2.382), seguido pelos setores de Serviços (1.552), Indústria de Transformação (858) e Agropecuária (541). Já o setor de Comércio (-405) foi o que mais demitiu.

De acordo com a análise da subsecretária do Trabalho, Marisa Sales, o crescimento do número de emprego no Tocantins se dá principalmente pela abertura de novos empreendimentos e pelo crescimento do Estado: “O governo do Estado tem investido muito para atrair novos empreendimentos, além disso, somos um estado novo ainda em crescimento. Tudo isso contribui muito para a geração de empregos”. Explica a subsecretária.

Avaliando apenas o mês de junho observa-se a criação de 545 empregos, um aumento de 0,33% em relação ao mês anterior. Este dado também é resultado do crescimento no setor da Construção Civil (678), em contrapartida os setores de Serviços (-97), Agropecuária (-38), Comércio (-20) e Serviços de Industriais de Utilidade Pública (-17) apresentaram um desempenho negativo.

O desenvolvimento do Estado se traduz em oportunidade para jovens como Feliciano Moraes, 25, que conseguiu emprego como pedreiro por meio da intermediação do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Mesmo sem uma qualificação formal Feliciano afirma que não faltam vagas nessa área: “Eu aprendi a trabalhar na prática, observando, comecei como ajudante de obra, mas hoje já trabalho como carpinteiro e pedreiro”. Declara o jovem.

Desempenho Região Norte

Ao comparar o desempenho do Tocantins com a região Norte o crescimento do Estado se torna ainda mais expressivo. A expansão do emprego na região Norte foi de apenas 0,82% mediante a criação de 15.534 vagas. E o desempenho da Tocantins foi determinante para que o saldo regional fosse positivo com a criação de 4.996 vagas.

No Norte, a expansão foi de 15.534 postos, resultado do aumento do emprego em cinco estados: Pará (15.406), Tocantins (4.996), Rondônia (1.288), Roraima (1.286) e Acre (621). E diminuição nos estados do Amazonas (-5.715) e Amapá (-2.348).

Por: Redação

Tags: Caged, Geração de Empregos, Marisa Sales