Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a vice-governador, deputado federal Angelo Agnolin (PDT), da coligação "A Mudança que a Gente Vê”, que tem como candidato à reeleição o governador, Sandoval Cardoso (SD), afirmou ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 22, que, se o deputado federal e ex-presidente estadual do PMDB, Junior Coimbra, decidir apoiar a coligação encabeçada pelo governador Sandoval Cardoso, ele será bem vindo. Agnolin ainda disse que os Coimbristas foram excluídos ao palanque do PMDB.

“Nós não temos nenhuma restrição ao Junior, pelo contrário, meu colega parlamentar, fomos colegas de Assembléia, tenho grande respeito pelo político que é o Junior Coimbra. No que consiste a opinião do deputado Agnolin candidato a vice-governador, ele é bem vindo. Agora no que consiste a palavra da majoritária, ai nós teremos naturalmente que ouvir o governador Sandoval Cardoso que é o líder maior da nossa coligação. No que a consiste a minha pessoa não tenho nenhuma restrição, ele é bem vindo em nosso grupo”, afirmou.

O deputado ainda afirmou que foi fartamente divulgado pela imprensa que "os coimbristas com os termos na época divulgados, não eram bem vindos ao palanque do PMDB, ditos pela senadora Kátia Abreu. Então na verdade ele foi excluído de lá, pelo menos é o que a imprensa divulgou com bastante ênfase, a exclusão dele, o desprezo dele no palanque do PMDB, isso naturalmente dá a ele o direito, a prerrogativa de se alojar aonde ele for bem recebido", disse Agnolin.