Polí­tica

Foto: Divulgação

Segundo estatísticas de candidaturas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, dos 360 candidatos concorrentes as eleições deste ano no Tocantins, 29,17% são mulheres. O maior contingente tocantinense de mulheres registradas está na disputa aos cargos de deputada estadual com 82 candidatas. Já as candidatas a deputada federal são 17.

Na disputa ao Governo do Tocantins na cabeça de chapa não tem a presença de mulheres. Já para a vice-governadoria são contabilizadas três mulheres, sendo uma posicionada na faixa etária entre 35 a 39 anos, outra na faixa etária de 40 a 44 anos e outra entre 50 a 54 anos. Ao senado foram registradas as candidaturas de duas mulheres, uma na faixa etária entre 40 a 44 anos e outra entre 50 a 54.

Dos 17 registros de candidaturas femininas contabilizados para concorrer a Câmara Federal, três tem idades na faixa etária entre 25 a 29 anos, duas de 30 a 34, três de 35 a 39, duas de 40 a 44, três de 45 a 49 e quatro de 50 a 54 anos.

Para concorrer à Assembleia Legislativa do Tocantins foram registradas 82 candidatas, sendo que, cinco tem idades na faixa etária entre 20 e 24 anos, cinco de 25 a 29, seis de 30 a 34, dezessete candidatas são da faixa etária de 35 a 39, dezenove tem entre 40 a 44 anos, dez estão na faixa etária de 45 a 49, onze de 50 a 54, três de 55 a 59, quatro de 60 a 64 e duas na faixa etária de 65 a 69 anos. Ao cargo de 2° suplente de senado, foi confirmado o registro de uma candidata com idade na faixa etária entre 45 e 49 anos.

Grau de instrução

Das três mulheres que concorrem na disputa à vice-governadoria, uma tem ensino superior completo e duas apenas o ensino médio. Já as duas candidatas ao senado tem ensino superior completo. Das 17 candidatas à Câmara Federal, nove tem superior completo, três superior incompleto, três ensino médio completo e duas tem apenas ensino fundamental. Ao cargo de de 2° suplente de senado, a candidata tem ensino médio completo.

Das 82 candidatas na disputa ao cargo de deputada estadual, 46 tem superior completo, sete superior incompleto, 22 ensino médio completo, quatro ensino médio incompleto, uma ensino fundamental completo e duas ensino fundamental incompleto. 

Naturalidade

Das 105 candidatas que disputam cargos políticos no Tocantins, apenas 45 delas são tocantinenses por naturalidade. Destas, as cidades que possuem mais candidatas são: Porto Nacional com 8 candidatas, Gurupi com 4 e Cristalândia com 3 candidatas. Na capital Palmas foi identificada na lista de registro apenas uma candidata. Jocylaine Calumbra dos Santos (Jô) disputa o cargo de deputada estadual pelo PRTB. Com apenas 21 anos de idade, a candidata tem o ensino superior incompleto. 

Percentual mínimo

O artigo 10, §3º, da Lei 9.504/97 estabelece regra que a doutrina e a jurisprudência convencionaram denominar cota eleitoral de gênero. Alterado pela reforma eleitoral de 2009 (Lei 12.034/09), o artigo dispõe que: “Do número de vagas resultante das regras previstas neste artigo, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo”.