Economia

Foto: Divulgação

O município de Pedro Afonso, em parceria com o Sebrae e a Junta Comercial do Tocantins (Jucetins), irá aderir à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), um sistema integrado que visa reduzir a burocracia na abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas, simplificando o processo. Na última terça-feira (22), representantes do Sebrae participaram de reunião na prefeitura do município, dando o passo inicial para a instalação do sistema.

Segundo o consultor do Sebrae do Tocantins, Alberto Belluzzo, o encontro teve por objetivo explicar aos servidores do município o que é a Redesim, e quais as mudanças necessárias para estabelecer o sistema. “O primeiro passo é mostrar quais os processos necessários para abrir uma empresa, como a emissão de alvará de funcionamento, de localização e ambiental. E a partir daí nós demonstramos como diminuir esse tempo, como fazer com que o processo seja seguro e rápido, benéfico pra todo mundo. No Brasil, leva-se até 120 dias para abrir uma empresa, mas com a otimização dos processos, é possível fazer em no máximo cinco dias”, explicou Alberto.

Segundo ele, o prefeito Jairo Mariano reconheceu a importância da implementação da Redesim para o desenvolvimento econômico de Pedro Afonso, e está prestando toda a assistência necessária no processo. “Nós criamos um plano de trabalho, e iremos verificar se há a necessidade de adequar alguma legislação municipal. Nossa expectativa é que dentro de dois meses tudo esteja pronto para iniciar as atividades da Redesim”, informou ele.

O gerente regional do Sebrae do Tocantins, Alex Veras Dias, endossou as palavras de Alberto, acreditando que o sistema iniciará as atividades no município em pouco tempo. “A presença do prefeito tem sido imprescindível nesse processo. Ele cobrou o empenho de todo o corpo funcional, das pessoas que estão envolvidas na abertura e legalização de empresas, para que implementemos a desburocratização, que é essencial para uma gestão inovadora e de referência”, disse.