Meio Ambiente

Com o intuito de debater o Plano de Ação Nacional para Conservação das Aves do Cerrado e Pantanal, pesquisadores reúnem-se desde a última terça-feira, 5 até sexta-feira 8, no Centro de Pesquisa e Conservação do Trópico Úmido do Iecos Brasil, localizado no Santuário da Vida Selvagem Água Fria, município de Guaraí.

Coordenados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, o encontro reúne 7 pesquisadores, membro do grupo Assessor do Plano de Ação  Nacional para Conservação das Aves do Cerrado e Pantanal, biólogos e veterinários que atuam no Cerrado e Pantanal. Representando o Tocantins, o Iecos Brasil participa através de sua presidente Marissonia Lopes de Almeida.

Esta é a primeira reunião de monitoria deste Plano, onde estão sendo discutidas 70 ações propostas. Participam deste grupo: Rita Surrage coordenadora (ICMBio),  Mauro Guimarães Diniz (Ibama/MG), Tatiana Pimentel (Ibama/DF), Ivan Braga Campos - Parque Nacional da Serra do Cipó - ICMBIO/MG, Fábio Costa perito da Polícia Federal de Brasília/DF,  Alessandro Pacheco Nunes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.