Campo

Foto: Divulgação

Cerca de 40 novos inspetores agropecuários que ingressaram na Agência de Defesa Agropecuária - Adapec estão participando de um curso de capacitação sobre harmonização de procedimentos em defesa fitossanitária. O evento que iniciou nesta terça-feira, 19 e segue até o dia 21 ocorre em Cristalândia, e tem apresentado uma vasta programação na área vegetal a seus participantes.

O treinamento iniciou com a palestrante, Siloé Pereira da Silva, abordando sobre a relação interpessoal, seus desafios e alternativas e os aspectos que interferem numa boa comunicação. “O segredo do bom profissional é gostar do que faz e fazer com dedicação”, disse. O inspetor agropecuário, Antônio Henrique Campos, aprovou a didática e a explanação do assunto. “Achei altamente produtiva”, declarou.

Já o diretor de Defesa Vegetal da Adapec, Luís Henrique Michelin, durante a palestra pontuou os assuntos mais relevantes na defesa agropecuária desde o monitoramento e controle de doenças e pragas nas lavouras, fiscalização, controle de trânsito até a execução orçamentária. “A atualização profissional é importantíssima para execução de um trabalho harmônico e padrão, além de possibilitar uma visão macro do que engloba todos os programas sanitários e recursos da Agência”, disse.

Para a inspetora agropecuária, Edna Antônia Brito, que ainda não tinha trabalhado nessa área, a capacitação veio numa hora oportuna. “É importante conhecer sobre doenças e pragas que acometem a lavoura, ficamos mais preparados pra chegar ao campo e aplicar as normas”, ressaltou. 

As discussões do 1º dia de curso foram finalizadas com a palestra do Tenente Geraldo Magela Azevedo Silva Júnior e do 1º Ten QOPM – Vilson Rodrigues da Silva Junior que explicaram sobre abordagem correta de veículos durante a fiscalização de trânsito. (Ascom Adapec)