Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Milton Neris (PR) propôs, nesta última terça-feira, 26, durante sessão na Câmara de Vereadores de Palmas, que a Casa de Leis promova uma discussão aprofundada sobre as nomenclaturas adotadas hoje na Capital para identificar endereços. De acordo com o vereador, do jeito que está atualmente não dá mais para continuar, pois o município adota duas denominações para o mesmo endereço e isso só confunde as pessoas.

Por exemplo, alguns conhecem a Arse 71, mas não conseguem identificar o endereço quando ele se refere à 704 Sul. “Eu mesmo tenho dificuldades de localizar endereços em Palmas, pois estou aqui desde o começo da cidade e me acostumei com o modo antigo, da mesma forma que as pessoas que moram aqui a pouco tempo já se acostumaram com a nova forma”, embasa.

Milton Neris propôs que o debate sobre as nomenclaturas de Palmas ocorra ainda neste semestre o mais breve possível, uma vez que no ao final do ano os vereadores compõem o orçamento de 2015 e que este possa contemplar os custos para a definição da única nomenclatura que deverá vigorar no município. “Já está na hora de pararmos de usar duas nomenclaturas, pois isso causa uma tremenda confusão”, apela.

Quem também apelou para a necessidade da definição de uma única nomenclatura foram os vereadores Iratã Abreu (PSD) e João Campos (PSC). “Da discussão deve participar também a população de Palmas, em forma de consulta pública”, sugere Abreu. Já Campos propôs que o melhor viés seja promover uma audiência pública, pois assim todos os atores envolvidos na definição da nomenclatura única participam da discussão.

Uma das nomenclaturas adotadas em Palmas, aquela que estabelece quadras como Arnos, Arnes, Arses, ACSUs e Arsos, entre outras, foi aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pela Prefeitura de Palmas por meio de Projeto de Lei Complementar número 14 de 07 de novembro de 2006. Mesmo assim, as ruas e avenidas de Palmas estão sinalizadas no novo modo, no qual prevalecem endereços nas formas 104 Norte, 206 Sul, por exemplo. “Até nos cartórios de registro de imóveis os endereços estão caracterizados na forma antiga”, completa o vereador Milton Neris.

Feira Coberta

Na sessão desta terça-feira, Milton Neris apresentou diversos requerimentos à Mesa Diretora. Em um deles, o vereador solicita à Prefeitura de Palmas que construa e implante um feira coberta em Taquaralto, justificando que essa será mais um medida que deverá fortalecer o empreendedorismo e a agricultura familiar. “Existe atualmente dezenas de comerciantes nas calçadas da Avenida Tocantins, em Taquaralto, comercializando seus produtos. Essas pessoas aguardam a oportunidade de contar com um espaço organizado definitivo e com estrutura adequada para suas atividades”, explica.

Centros Comerciais

O vereador Milton Neris também requereu ao Executivo Municipal a revitalização dos Centros Comerciais Populares de Taquaralto e da quadra residencial 104 Sul, em função da importância significativa na geração de rendas e empregos diretos e indiretos. “Quem tem trabalha nesses centros não pode ficar sem assistência necessária para a continuidade de seu desenvolvimento e crescimento comercial”, defende.

Escolas

Além disso, ele requereu a construção de uma Escola de Tempo Integral e de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no Setor Universitário, também localizado na região Sul de Palmas, um dos bairros mais carentes em infraestrutura e aparelhos públicos na Capital. De acordo com o vereador, a construção do CMEI, em especial, evitará que as crianças do Setor atravessem a faixa de pedestre e fiquem expostas a acidentes, fato que já ocorre diante da necessidade de se deslocarem para escolas em bairros vizinhos.