Polí­tica

Foto: Divulgação

Na última segunda, 25, o candidato ao Governo do Tocantins, Sandoval Cardoso (SD) dedicou seu programa eleitoral para falar sobre a saúde do Estado. Anunciou construção, reforma e ampliação de hospitais e unidades de saúde que resultarão na oferta de mais leitos e melhores condições de atendimento à população.

Para o presidente do Partido dos Trabalhadores no Tocantins, Júlio César Brasil, Sandoval só esqueceu de falar que todo esse investimento é oriundo do Governo Dilma. “Toda essa verba que será aplicada na saúde é disponibilizada pela Presidenta Dilma, com contrapartida baixíssima do Estado. Sandoval usufrui dos repasses e tenta se beneficiar politicamente assumindo total autoria, fazendo ainda, alusão à construção de estádios de forma crítica. A gestão Dilma possibilitou a construção de estádios sim e muitos outros investimentos foram direcionados às diversas áreas”.

Segundo o presidente, somente este ano, o Tocantins já recebeu o repasse de R$ 270.029.145,00 do Fundo Nacional de Saúde, distribuídos em diversos programas. Existem 319 Postos de Saúde em funcionamento, dos quais, 110 passaram por serviços de reforma, 90 de ampliação. Outros 140 aprovados para construção, 60 em obras, 40 em ação preparatória e 40 concluídos. Cinco Unidades de Pronto Atendimento – UPA estão em funcionamento, oito aprovadas para construção, uma em obras, cinco em ação preparatória e duas concluídas. Os 442 Centros de Especialidades Odontológicas – CEO estão qualificados para atender pessoas com deficiência, 81 hospitais receberam equipamentos para implantação dos Centros e 5.674 profissionais passam por capacitação iniciada em setembro de 2013.

Ainda segundo o petista, há ainda, 16 maternidades com contratos firmados para ambiência e 144 leitos em funcionamento. No programa de Saúde da Família existem 437 equipes com cobertura potencial de 85,44% da população tocantinense. Conta-se também, com um hospital recebendo repasses de custeio com 37 leitos de retaguarda disponibilizados. Com o programa Saúde não tem Preço mais de 87 mil tocantinenses foram beneficiados desde o início do programa com medicamentos gratuitos, dentre, 63.826 hipertensos, 7.265 diabéticos, 16.185 hipertensos e diabéticos e 656 beneficiados com medicamentos para asma. No Tocantins, existem 138 Farmácias Populares, destas, 134 conveniadas e 4 próprias. Com o Programa Mais Médicos 142 médicos foram contratados, com adesão de 74 municípios dos 139 existentes o que representa 53,2%. O Distrito Sanitário Especial Indígena também conta com a contratação de seis médicos. Este quantitativo de profissionais beneficia, segundo o presidente do PT, 489,9 mil pessoas.

Júlio César que também é ex-prefeito de Couto de Magalhães expõe a realidade interiorana. “Estes investimentos em saúde são essenciais, e no interior, os reflexos são bem mais presentes, uma vez que, no Estado a administração da saúde é feita por pessoas que não compreendem, não defendem e não acreditam no Sistema Único de Saúde. Querem fazer saúde privada no sistema público, isso não funciona”, diz.

Outros Programas

Programa

Benefícios

Melhor em Casa

Duas Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar implantadas e duas Equipes Multiprofissionais de Apoio implantadas.

Combate ao Câncer de Colo de Útero e de Mama

Câncer de Colo de Útero: Quatro Centros de Confirmação Diagnóstica e de Tratamento de Lesões Precursoras estão com propostas aprovadas para implantação.

Câncer de Mama: Dois Centros de Confirmação Diagnóstica com propostas aprovadas para implantação.

Brasil Sorridente

Trezentos e trinta e três equipes de saúde bucal e sete Centros de Especialidades Odontológicas.

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU

Foram distribuídas 14 ambulâncias básicas e 4 UTI móveis, cobrindo 16 municípios com 3 centrais.

Rede Cegonha

Os 139 municípios tocantinenses aderiram ao Programa.

Casas da Gestante e Bebê

Duas foram conveniadas para ampliação.

Centros de Parto Normal

Seis conveniados, cinco estão para ampliação e 1 para reforma.

Centros Especializados em Reabilitação – CER

Cento e dois habilitados em 2013 e 77 construções de novos centros (22 contratos de repasse, 54 SISMOB e 1 emenda). Transporte acessível para os Centros, 108 veículos adquiridos, 102 entregues (19 micro-ônibus e 83 furgões).

Oficinas Ortopédicas

Vinte e uma oficinas fixas habilitadas e 10 aprovadas para qualificação (equipamentos e reforma); 35 construções aprovadas de novas oficinas. Previsão de entrega de 20 oficinas itinerantes entre novembro e dezembro de 2014 (10 de cada tipo); 111 Técnicos Ortesistas capacitados e 3.193 de nível superior em capacitação.

Triagem Neonatal

Teste do Pezinho completo (4 fases). Fase IV – 27 UF. Triagem auditiva (teste da orelhinha) 75 receberam recursos para aquisição dos equipamentos (23 realizando exames).

Diretrizes Terapêuticas

Nove publicadas, sendo, Síndrome de Down, Lesão Medular, Pessoa Amputada, Triagem Auditiva Neonatal, Paralisia Cerebral, AVC, Traumatismo Cranioencefálico, Autismo e Saúde Ocular na Infância.

Por: Redação

Tags: Júlio César Brasil, PT, Sandoval Cardoso