Polí­tica

O vereador Milton Neris (PR-TO) chamou a atenção dos demais vereadores na Câmara Municipal de Palmas nesta última quarta-feira, 27, para a dificuldade que os comerciantes estabelecidos nas avenidas LO´s estão tendo em ampliar ou redimensionar seus negócios. De acordo com ele, hoje são quase quatro mil lotes comerciais espalhados em todas as regiões de Palmas, como Avenida JK, Palmas Brasil, 303 Norte, 305 Norte, 307 Norte (também conhecidas como Arnos 31, 32 e 33), 204 Sul (Arse 21) e 504 Sul (Arse 51), com dificuldades em ampliar seus espaços e serviços.

Para isso, ele propõe que a Câmara de Vereadores busque uma solução. A primeira delas, sugere, é reunir com o prefeito Carlos Amastha e os secretários de pastas afins para montar um plano de ação. Neris sugere que os terrenos vazios nos fundos dos comércios sejam vendidos aos donos dos estabelecimentos para que eles possam ampliar seus negócios e atender melhor os clientes.

“Com a venda dessas áreas, a grosso modo a Prefeitura iria arrecadar algo em torno de R$ 60 milhões, dinheiro que poderia ser aplicado em outras áreas ou em praças e asfaltamento de ruas em bairros carentes de infraestrutura, como Taquari, Lago Sul, Irmã Dulce, Setor Universitário e Lago Norte, que necessitam de pavimentação”, sugere.

Milton Neris explica que esses lotes comerciais em questão, quando foram criados há anos, visavam atender basicamente os moradores daquelas quadras onde estão estabelecidos. Entretanto, a demanda cresceu e hoje atendem a toda a cidade, tornando-se, então, pequenos. “Por isso, convido os colegas vereadores para entrarem nessa discussão, pois o setor comercial palmense muito vai nos agradecer pela forma legal como ela será conduzida”, apela.