Esporte

Foto: Rafael Chaves

Acontece neste final de semana em Gurupi, no Ginásio do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) o 18º Campeonato Brasileiro de Karatê Semi-Contato. Cerca de 600  atletas dos estados de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Tocantins, Bahia, Pará e do Distrito Federal, devem participar da competição. As disputas começam na manhã de sábado (13) e vão até o domingo (14).

O campeonato será divido em 47 categorias, sendo individual e por equipe, masculino e feminino. As categorias também serão dividas por idade e peso. De acordo com a Confederação Brasileira de Karatê Semi-Contato, caratecas a partir de 6 anos participarão do torneio.

Uma das esperanças de medalhas para Gurupi é a jovem Thaynara Lustosa (que aparece na foto ao lado do prefeito Laurez Moreira). Ela  é praticante de karatê desde os três anos de idade. Atualmente, com 18 anos, Thaynara coleciona vários títulos, como um Mundial e dois Brasileiros de karatê. “Estou com as melhores expectativas e quero dar o melhor nessa competição, se depender de mim o nome de Gurupi vai continuar em primeiro lugar”, declarou Thaynara, otimista em disputar mais uma competição nacional.

Além de Thaynara, cerca de outros 40 caratecas vão representar Gurupi no campeonato.

Esta é a segunda vez que Gurupi é sede do Campeonato Brasileiro. A primeira vez foi em 2009 que segundo o treinador de karatê, Ednaldo Lustosa, foi realizada com muita dificuldade por falta de parceiros. “Estamos muito felizes por Gurupi sediar esse campeonato, o apoio da prefeitura é indispensável. Nunca em gestão anteriores o esporte na nossa cidade foi tão incentivado”, afirmou Lustosa.

Para o prefeito Laurez Moreira, a gestão pública sempre tem buscado apoiar esse tipo de evento, por entender que as competições esportivas valorizam  os jovens e estimulam a prática de vida saudável.

Já a Secretária de Esporte e Juventude de Gurupi, Rai Obeid destacou a importância desse campeonato na cidade.“Seja ela qual for, toda atividade física é bem vinda. E são tantas as modalidades, se o jovem não gostar de futebol, por exemplo, as artes maciais pode ser uma ótima alternativa. Tenho certeza que realizando o campeonato em Gurupi, mais pessoas vão se interessar neste esporte que é tão cheio de disciplina”, frisou. (Secom Gurupi)