Saúde

Foto: Imagem ilustrativa/da web

A segunda dose da vacina contra o papiloma HPV já está disponível as meninas de 11 a 13 anos de idade. A Secretaria Municipal da Saúde (Semus) iniciou a vacinação na quarta-feira, 10, nas Escolas Públicas e Privadas. A vacina também está disponível nas Unidades de Saúde.

O objetivo principal desta vacinação é evitar o câncer do colo do útero, que é uma doença grave e pode ser uma ameaça à vida. No Brasil, é a segunda principal causa de morte por câncer entre mulheres. Os subtipos do HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero em todo o mundo e estes subtipos estão incluídos na vacina quadrivalente contra o HPV, fornecida pelo Sistema Único de Saúde.

De acordo com a coordenadora da Central Municipal de Vacinação (Cemuv), a imunização será realizada nas Escolas porque o público adolescente não tem o hábito de procurar a sala de vacina. “Desta forma, teremos mais agilidade para atingir a cobertura vacinal. Na primeira dose, a cobertura do município foi de aproximadamente 95 %”, explica.

Juliana esclarece ainda que, apesar do Ministério da Saúde ter iniciado a Campanha no dia 1º, em Palmas o início das ações foi no dia 10 de setembro por ser a data em que se completa seis meses da aplicação da primeira dose, uma vez que na Capital, a primeira etapa teve início em 10 de março. “A aplicação da segunda dose deverá ser somente seis meses após a primeira”, esclarece a coordenadora.

Vacinação

A aplicação da segunda dose da vacina contra o HPV é destinada a meninas de 11 a 13 anos, que já receberam a 1ª dose, e para a imunização ser completa são necessárias três doses. A vacinação será realizada nas escolas públicas e particulares, para isto, as Unidades Básicas de Saúde entrarão em contato com as instituições de ensino da sua área de abrangência para realizar o agendamento da aplicação da dose.

Também será realizada vacinação de primeira dose em meninas que ainda não tenham recebido e estejam na faixa etária. Será encaminhado pelas Escolas um Termo de Consentimento para a vacinação das meninas, solicitando a autorização dos pais para a imunização no ambiente escolar.

É importante ressaltar que a vacina contra HPV foi incorporada ao Calendário Básico de Vacinação e desde março está disponível em todas as unidades de saúde do Município, como vacinação de rotina para as meninas que estão na faixa etária preconizada.

Dados de Palmas

O município tem uma população de 6.678 adolescentes do sexo feminino na faixa etária preconizada. Desde o início da vacinação em março, já foram vacinadas com a primeira dose aproximadamente 6.400 adolescentes, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 95%. O mínimo preconizado pelo Ministério da Saúde é de 80%.

O esquema vacinal é de 03 doses:

• 1ª dose: A dose inicial é ofertada para adolescentes de 11 a 13 anos de idade (até 13 anos, 11 meses e 29 dias);

• 2ª dose: Será administrada seis meses após a 1º dose;

• 3ª dose: Será administrada cinco anos após a 1ª dose. (Secom Palmas)