Polí­tica

Foto: Divulgação

Em debate realizado na noite desta segunda-feira, 22, na TVE Tocantins, o governador Sandoval Cardoso (SD), candidato à reeleição pela coligação “A mudança que a gente vê”, disse que o resultado de sua gestão dará orgulho ao Estado. “Vou fazer o povo do Tocantins ter orgulho do nosso Estado e não fazer como nosso adversário que sempre ocupa as manchetes nacionais com escândalos fazendo o povo do nosso Estado passar vergonha”, afirmou Sandoval.

Sandoval considerou que o ex-governador e candidato ao governo, Marcelo Miranda (PMDB) não compareceu ao debate por não ter como responder sobre a prisão de, segundo Sandoval, "seus colaboradores" presos em Goiás portando mais de R$ 504 mil em espécie, além material de sua campanha. Marcelo Miranda está com os bens bloqueados pela Justiça Federal, por ser acusado de desviar R$ 23 milhões em recursos da Saúde.

Sandoval Cardoso respondeu questionamentos sobre a Saúde e afirmou que o setor passou mais de 10 anos sem receber investimentos, o que sua gestão vem fazendo agora, já tendo entregado mais 10 leitos de UTI no Hospital Dona Regina em Palmas e por estar executando as obras de duplicação do HGP e a construção dos hospitais gerais de Gurupi e Araguaína, além das reformas de várias unidades no interior.

Sandoval também respondeu sobre o fortalecimento do Conselho de Desenvolvimento Econômico para implementar uma política de atração de investidores aliada aos investimentos que já estão sendo feitos na melhoria da infraestrutura do Estado e também dos distritos industriais.

Sandoval também foi o candidato que mais teve direito de resposta concedido por sofrer ataques dos candidatos Ataídes Oliveira e Eula Angelim. Sandoval pediu aos adversários que se ativessem ao debate de propostas por era isso que a população gostaria de avaliar.