Esporte

Foto: Juliano Ribeiro

Foi definido na manhã deste sábado, 27, mais um campeão da etapa 15 a 17 anos das modalidades coletivas dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets). O Colégio Tocantins de Miracema garantiu o ouro no handebol masculino após vitória sobre o Centro de Ensino Médio Diaconizio Bezerra da Silva, de Paraíso.

A disputa foi acirrada. Apesar do Colégio Tocantins abrir o marcador, o CEM Diaconizio empatou em seguida e foi um “faz e leva” durante toda a partida, que teve o placar igual várias vezes e terminou em 13 a 11 para a equipe de Miracema.

O destaque do confronto foi o goleiro do Colégio Tocantins, João Vitor Nunes, que salvou o time em vários momentos do jogo, como nas quatro defesas consecutivas, incluindo um tiro de 7 metros, no segundo tempo. “Eu só mostrei o que a gente treinou, teve uma hora que pensei que não fôssemos conseguir, mas, com muita garra, deu certo. Agora é continuar treinando pesado para realizar este sonho de participar do nacional e dar trabalho para os adversários de lá também”, disse o goleiro.

Esta foi a terceira final do Jets que o time de handebol do Colégio Tocantins disputou. Nos dois últimos anos o grupo foi vice-campeão da competição estadual. “Eles esperam esta conquista há muito tempo, o mérito é todo deles, estar vivendo isso aqui, é gratificante. Agora é continuar treinando para representar bem nosso estado e nosso município nos Jogos Escolares da Juventude”, acrescentou a técnica campeã, Barbara Alves Santos.

A conquista contou com o apoio dos colegas de delegação. Da arquibancada, as meninas, que ficaram com a prata na decisão do handebol na ultima sexta-feira, 26, deram uma força para os garotos. “Nós sabemos o que eles estão passando, ontem eles vieram nos incentivar e hoje estamos aqui para retribuir o apoio e fazer barulho para pressionar o adversário”, afirmou a aluna e atleta do Colégio Tocantins de Miracema, Sthéfani do Vale Santos.

Prata

Para o CEM Diaconizio a prata é uma vitória. Esta foi a primeira participação do time no Jets. “Tivemos uma boa atuação, muita gente não acreditou no nosso time, mas chegamos à final, não deu pra levar o ouro, mas estamos muito felizes”, disse o armador direito da equipe de Paraíso, Maurício Rodrigues. (Ascom Seduc)