Estado

Com a greve nacional dos bancários iniciada nesta terça-feira, 30, o Procon Tocantins orienta que o consumidor não pode ser penalizado pelo fato de não conseguir pagar suas contas, desde que use de todos os meios para tal. O Procon ainda alerta que a greve dos bancários não desobriga o consumidor em quitar suas dívidas. 

O consumidor deve buscar meios alternativos para pagamento junto às empresas e instituições bancárias, pois não é possível esperar o vencimento da conta para depois justificar a falta de pagamento, devido à greve. As faturas devem ser pagas no prazo e não terão suas datas de vencimento adiadas. 

Para as contas que já estão em atraso, o consumidor deve entrar em contato com o credor e resolver a demanda, encontrar outra forma para efetivar o pagamento, sempre se precavendo em anotar número de protocolo, nome do atendente, horário, etc. Se o consumidor não recebeu boleto via Correios, ele deve entrar em contato com o credor por meio do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) ou outros meios. 

Outra orientação é que o consumidor nunca deve esperar passar a data prevista para pagamento para entrar em contato com seu credor, mas antecipar esse contato ao vencimento da conta ou boleto. Caso o credor não atenda a solicitação, não indicando um meio alternativo para pagamento de sua fatura, o consumidor poderá registrar uma reclamação no Procon. Os bancos também devem oferecer aos seus clientes meios alternativos para pagamento de suas faturas como, via internet, caixas eletrônicos e telefone.

Para pagar as contas o Procon Tocantins orienta ainda que o consumidor, durante a greve, utilize terminais de autoatendimento, casas lotéricas, correspondentes bancários, telefone, internet ou até mesmo realizar débito em conta. (Ascom Seds)

Por: Redação

Tags: Procon Tocantins