Cursos & Concursos

Foto: Carla Morena

Com o objetivo de fortalecer as atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o Governo do Tocantins vai realizar concurso com oferta de 1.624 vagas para os níveis superior e médio. A publicação do edital vai ocorrer até o dia 10 de outubro e, ainda nesse mês, se iniciam as inscrições para realização das provas. O certame será realizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab).

De acordo com o secretário de Estado da Administração, Lúcio Mascarenhas, com o novo quadro de pessoal, as atividades da Seds serão ainda fortalecidas. “Nós vamos dar provimento aos cargos que trabalham com o sistema prisional e socioeducativo, médicos, psicólogos. Com isso, estaremos qualificando o quadro de servidores e qualificando ainda mais as atividades oferecidas”, destacou.  

De acordo com o secretário de Estado da Defesa Social, Nilomar dos Santos Farias, o Estado tem muito a ganhar com a realização do certame.  “O concurso está em andamento e em breve poderemos reestruturar o atendimento que é feito nos sistemas prisional e socioeducativo do Tocantins. O governo do Estado, por meio da Secretaria de Defesa Social, espera desses futuros servidores desenvolvimento profissional, responsabilidade, comprometimento e dedicação em prol da segurança do Estado. Nós lidamos com um público vulnerável e precisamos de servidores com vocação para atuar na área", pontuou.

Ainda segundo Farias, o Estado tem se preocupado em colocar em seu quadro servidores de carreira. “Para prestarmos um serviço de excelência aos assistidos pela Seds, é de fundamental importância a presença de servidores de carreira, aptos e desejosos de oferecer a melhor prestação do serviço público”, destacou.

De acordo com Lúcio Mascarenhas, as inscrições para o concurso ficarão abertas por cerca de 20 a 30 dias e na primeira semana após a abertura das inscrições, os interessados poderão pedir a isenção da taxa de inscrição. Segundo ele, entre as etapas do certame, serão realizadas provas objetivas, testes de aptidão, exames médicos, avaliações psicológicas e cursos de formação.

Relembre acordo

O Governo do Estado, em atenção as reivindicações da categoria policial, apresentadas pelo Sindicatos dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol), assinou um termo de compromisso com o Sinpol para a realização do concurso público para o provimento de vagas de Técnico em Defesa Social. Em junho deste ano, o governo autorizou a ordem de serviço para realização do certame.

A efetivação deste concurso atende ao anseio dos quase 400 policiais civis, cedidos para a Secretaria da Defesa Social que estão lotados nas unidades prisionais do Estado. Com o quadro próprio de servidores, a Secretaria de Defesa Social passa a receber recursos federais para formação de pessoal e aquisição de materiais.

Para o presidente do Sinpol-TO, Moisemar Marinho, “este concurso é muito importante para a Segurança Pública do Tocantins, uma vez que com a posse dos aprovados, os policias civis que estão cedidos para a Seds retornarão para a pasta da Segurança Pública”, afirma o presidente.

Concursos

Para fortalecer o quadro de servidores efetivos do Estado, nos últimos quatro anos, contando com o certame em andamento da Polícia Civil, já são mais de 10 mil candidatos aprovados em concursos públicos nomeados nas áreas da Saúde, Educação, Segurança, no Quadro Geral e Corpo de Bombeiros. Nesse total de mais de 10 mil efetivos, não estão computados as 1,6 novas vagas do certame da Secretaria de Defesa Social. (Com informações ATN) (Matéria atualizada às 15h40)