Saúde

Foto: Angélica Mendonça Aposentado Francisco Rodrigues Vieira, de 72 anos Aposentado Francisco Rodrigues Vieira, de 72 anos

O Dia Internacional do Idoso, instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU), é comemorado anualmente em1º de outubro e tem como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população idosa. No Tocantins, o Estado trabalha ao longo de todo o ano com ações que garantem qualidade de vida para esse público.

De acordo com dados da Gerência de Saúde do Idoso, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), atualmente o setor tem trabalhado com duas frentes principais: os projetos “Cuidando com Amor” e  “Aprendendo a Cuidar de Idosos com Síndrome Demencial”.  Com essas ações, são desenvolvidas capacitações para equipes da Saúde da Família e núcleos de apoio, cuidadores de idosos, Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), entre outros setores que trabalham com a pessoa idosa.

De acordo com Wanira Brito Soares, assessora técnica da Saúde do Idoso, as ações são desenvolvidas para entender melhor o processo de envelhecimento.  “Com os projetos, buscamos levar os profissionais a entender o processo de envelhecimento, conhecer as doenças prevalentes dessa população, para trabalhar com ela e garantir mais qualidade de vida para os pacientes idosos”, ressaltou.

No intuito de fortalecer o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa, a técnica da Saúde do Idoso da Sesau, Ana Helena Ferreira, destaca que vai começar a ser desenvolvido o projeto “Linha do cuidado para atenção integral à pessoa e suas famílias em situação de violência”.

“Já estamos trabalhando a temática da violência, mas agora estamos trabalhando esse novo projeto, que vai abranger as linhas de cuidados com crianças e adolescentes, mulheres e idosos. Já na próxima semana, teremos a nossa primeira capacitação, que vai acontecer no Hospital e Maternidade Dona Regina [em Palmas]”, disse.

População Idosa 

Segundo dados do Censo 2012 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa no Brasil é de 20.889.849 idosos, enquanto no Tocantins é de 119.856 - sendo 62.524 do sexo masculino e 57.332 do sexo feminino. Para o aposentado Francisco Rodrigues Vieira, de 72 anos, as ações que são planejadas para população idosa são muito importantes.

“A população idosa está crescendo muito e nós precisamos de uma atenção diferenciada. Vejo que as ações que estão sendo desenvolvidas são muito importantes e acho que elas sempre podem ser fortalecidas ainda mais. Precisamos de cuidados especiais na área da saúde, do transporte”, apontou.

Já a dona de casa Jucileide Abreu Santana, de  64 anos, ressaltou que a pessoa idosa tem uma condição mais frágil e, por isso, precisa de projetos que vão ao encontro de suas necessidades. “Acho importante que tenham iniciativas que protejam os idosos, que garantam mais qualidade de vida para nós. Precisamos ser respeitados. Vejo que, aos poucos, isso está acontecendo”, ressaltou. (ATN)