Economia

Foto: Divulgação

A operadora de telefonia Oi está priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações, com foco no tripé Operações, Engenharia e TI, para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões. No Tocantins a empresa investiu R$ 19 milhões no primeiro semestre de 2014. Como resultado dos investimentos, que alcançam todos os 139 municípios do Estado, a Oi é a líder em participação de mercado no segmento de banda larga fixa no Estado, com participação de mercado de 90%.

A Oi vem ampliando sua infraestrutura em Tocantins. No primeiro semestre de 2014, foram instaladas mais de 6,6 mil portas de acesso à banda larga no estado. Também foram implantados mais 5 novos sites 2G e 3G e 5 sites 4G de janeiro a junho desse ano. Os sites são os locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do telefone celular. A Oi tem cobertura móvel em 130 municípios do estado. Além de ampliar sua infraestrutura de telefonia móvel, a Oi modernizou e ampliou a capacidade das estações existentes permitindo um expressivo salto de qualidade nos serviços.

Crescimento  

A Oi vem ampliando também sua rede Oi WiFi, a maior do Brasil, com mais de 800 mil pontos de acesso em todo o País. Em Tocantins, o crescimento foi de 68% de janeiro a julho desse ano, alcançando mais de 11 mil pontos de acesso à rede Oi WiFi, em locais como o Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, as Lojas AMPM, a rede McDonald’s e Postos Ipiranga. O serviço está disponível de forma ilimitada para clientes de planos pós-pagos de telefonia móvel, banda larga fixa e móvel e do plano de celular pré-pago Oi Galera.

O investimento na rede Oi WiFi é uma das diversas iniciativas da companhia para atender ao crescente consumo de dados e investir em maior mobilidade para clientes, além de melhor experiência de uso da internet móvel, complementando a cobertura 3G e 4G. Com a rede Oi WiFi, a companhia oferece experiência de internet completa para o cliente, que também pode contratar serviços de banda larga fixa, internet para o celular e internet móvel para usar em tablets e computadores. Através da parceria com a FON, os clientes da Oi dos planos elegíveis também podem usufruir de mais de 13 milhões de hotspots em diversos países. Outros parceiros internacionais Oi WiFi são: Boingo, Ipass e Meo WiFi, que somam mais de 4 milhões de hotspots disponíveis.

Municípios

Em julho, a Oi lançou ofertas do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em mais 4 cidades de Tocantins (Axixa do Tocantins, Miranorte, Pium e Dianópolis), totalizando 81 cidades atendidas na região pelo PNBL. No país, a companhia alcançou 4.271 cidades. O foco é a ampliação do acesso à banda larga, promovendo a inclusão digital e reduzindo as desigualdades sociais e regionais no país, uma vez que atinge as mais remotas cidades brasileiras. A Oi oferece planos do PNBL com velocidade de 1Mbps e custa R$ 35 reais por mês.

Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do serviço de banda larga, o Oi Fixo. Os detalhes sobre as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) e também podem ser obtidos por meio de um número de televendas.

Avanços no Tocantins

A Oi foi a operadora que registrou o maior crescimento do mercado de TV por assinatura do Tocantins no primeiro semestre de 2014, comparado com o mesmo período do ano passado. A expansão foi de 30%. O resultado levou a companhia a ampliar sua participação de mercado em 1,1ponto percentual, também a maior expansão entre as empresas do setor.

No período, a Oi também obteve crescimento no mercado de banda larga fixa do estado somando mais de 2,5 mil novos clientes a sua base. A Oi é líder em market share no segmento do estado e a única que está presente e investe em banda larga fixa nos 139 municípios do Estado.

No segundo trimestre do ano, a Oi totalizou 102,1 milhões de clientes no país, com crescimento 0,5% em relação ao primeiro trimestre e 1,9%  frente ao mesmo trimestre do ano passado. Desse total, 74,9 milhões são clientes da Oi no Brasil; 12,9 milhões, em Portugal e 14,3 milhões em outros países. A receita total chegou a R$ 9 bilhões no trimestre, ficando praticamente estável (alta de 0,4% frente ao ano passado).  Em seis meses, a companhia registrou receita de R$ 18,1 bilhões, com aumento de 1,1% em comparação com o semestre de 2013. Em Portugal, a receita apresentou aumento  9,5% após a conversão cambial. 

O resultado obtido no trimestre se deve ao aumento da receita de clientes no segmento de Mobilidade Pessoal no Brasil que apresentou alta de 6,5% na comparação anual, sustentada pelo avanço na receita de dados móveis, pela evolução nas recargas do pré-pago e pelo aumento da base de Oi Controle. No trimestre, houve aumento de 2,3% no número de clientes no pós-pago e de 3,9% no pré-pago, além de 7,2% no volume de recargas. 

O percentual de residências com mais de 1 produto Oi aumentou 3 pontos percentuais nos últimos 12 meses, levando a um ARPU residencial no Brasil de R$ 73,90 -  5,3% mais alto do que o registrado pela companhia no segundo trimestre de 2013. Com o lançamento da nova oferta de Oi TV, as adições brutas médias do segundo trimestre desse produto aumentaram 66% frente ao primeiro trimestre do ano.

No segmento Empresarial do Brasil, a companhia começa a colher resultados do turnaround iniciado no ano passado, conquistando um aumento de 25% das adições brutas no trimestre e aumento do mix de adições brutas de produtos multiple play. No segmento corporativo, o foco em dados, TI e cloud trouxe novos clientes nesse serviço, permitindo um aumento de 3 pontos percentuais na comparação anual da participação da receita com serviços de “não-voz” sobre a receita total obtida no corporativo.