Estado

Foto: Divulgação

O governo do Estado está instalando kits de energia solar nas residências de agricultores familiares do Assentamento Grota Funda, no município de Cristalândia. A tecnologia de uso sustentável está levando dignidade, conforto e qualidade de vida para as famílias. O sistema que está sendo instalado terá capacidade para gerar energia para fazer funcionar a bomba d’água dos poços semiartesianos, também instalados pelo governo do Estado, para uso doméstico e irrigação em hortaliças; e ainda vai gerar energia para geladeira, televisão, antena parabólica e quatro bicos de lâmpadas em cada residência.

“Aqui está todo mundo no claro. Agora, as famílias vão poder beber água gelada, vão poder tocar horta irrigada. Ter a energia solar foi uma diferença e tanto na vida de todo mundo, melhorou muito nossa situação e o melhor é que não precisa pagar a conta todo mês”, comemora a presidente da Associação do Assentamento Grota Funda, Rosa de Oliveira Miranda.

O coordenador do Crédito Fundiário da Diretoria de Fomento à Agricultura Familiar da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagro), José das Crianças Lopes da Costa, fala sobre os benefícios que o projeto está levando para essas famílias. “A nossa maior alegria é saber que as pessoas agora podem ter energia em casa e assim podem ter lâmpadas para iluminar durante a noite, poderão armazenar os alimentos na geladeira, terão acesso a informação pela televisão e vão poder ter um pequeno projeto de hortaliças”, destaca.

O kit contém placas solares de 120 amperes, um inversor de dois mil watts, uma bateria de 150 amperes e um controlador de 15 amperes. Ele tem capacidade para produzir 2.000 W e custa R$ 4,7 mil. O recurso é oriundo do Subprojeto de Investimento Comunitário (SIC) do Crédito Fundiário, ligado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). “A nossa pretensão é levar esse projeto para mais assentamentos do Estado mas, para isso, precisamos firmar parcerias”, afirma o coordenador. (ATN)