Economia

Foto: Antonio Gonçalves

Em uma pesquisa realizada pela Fecomércio Tocantins em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que mede a Confiança dos Empresários do Comércio de Palmas (ICEC), mostrou que no mês de setembro houve um aumento de 3,8 pontos em seu índice geral, gerando uma variação positiva mensal de 3,3%. Segundo 44,4% dos entrevistados, a expectativa é que o setor do comércio melhore pouco nos próximos meses, ante o dado do mês passado que demonstrava o porcentual de 43,2%.

Sobre o cenário atual, a grande maioria apresentou pessimismo, ou seja, acreditam que a economia atual e o setor de comércio atual pioraram pouco este mês. Já com relação a sua empresa, 40,2% disseram que a sua empresa melhorou pouco nesse período.

Quando questionados sobre os próximos meses, 38% acreditam que a economia irá melhorar pouco e 52,2% que sua empresa melhorará muito. A perspectiva mais positiva para os próximos meses aparece nesses itens, mas segundo o presidente da Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni, o período é de cautela. “Após as eleições, entre outubro e início de dezembro, acredito que a economia do Estado dê sinais de estagnação, para que somente em dezembro com a entrada do 13º salário e as compras de Natal, a situação financeira volte à normalidade ou até haja incremento nas vendas”, ressalta.

Dentre os empresários entrevistados, 61% respondeu que aumentou pouco o número de colaboradores em sua empresa e 46,3% disseram ter feito um investimento pouco maior neste mês de setembro. 57% consideram seus estoques em um nível adequado. (Ascom Fecomércio)

Por: Redação

Tags: Fecomércio, Itelvino Pisoni