Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador professor Júnior Geo (Pros) na sessão desta quarta-feira,8, na Câmara de Vereadores defendeu que os “Institutos de Pesquisas fraudulentos ou melhor corruptíveis, que manipulam informações para obterem resultados diferentes deveriam ser punidos com multas elevadas”, afirmou.

O parlamentar compartilhou da opinião do também vereador Etinho Nordeste, que protestou contra os Institutos de Pesquisas, em razão dos resultados finais dessas eleições. Júnior Geo cobrou medidas mais severas para os Institutos, que divulgam pesquisas com percentual significativo de discrepância, além de multas, a proibição de atuar no mercado no pleito seguinte. “Infelizmente ainda vivemos em um país subdesenvolvido, onde o interesse particular se sobrepõe ao interesse coletivo e a sociedade é colocada em segundo plano”, definiu o vereador.

Geo também denunciou a prática da compra de votos. Assumiu que foi procurado por várias pessoas oferecendo dezenas de eleitores em troca de pagamentos financeiros, mas não compactua com essa forma de fazer política. “Temos que conscientizar a sociedade da seriedade do voto, que deve ser invendável. Eleição se faz com trabalho sério, existem exceções, mas muitos foram eleitos em cima de questão financeira. Não é a política que desenvolvo”,  declara o parlamentar. (Com informações da assessoria)

Por: Redação

Tags: Júnior Geo