Campo

Foto: Divulgação

O Circuito ExpoCorte, evento que percorre alguns dos principais polos de produção de pecuária de corte no Brasil, será realizado primeira vez em Araguaína/TO. A cidade receberá o evento nos dias 15 e 16 de outubro a penúltima etapa do evento, que em 2014 já passou por Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Ji-Paraná (RO) e passará por Uberlândia (MG) em novembro.

Em dois dias de workshop, o tema principal da edição de 2014 do Circuito ExpoCorte “Como conseguir o máximo de minha propriedade” será discutido em palestras com especialistas brasileiros e em debates com os produtores. Haverá ainda uma feira de negócios com a participação de empresas de referência do setor que apresentarão suas novidades tecnológicas para tornar a pecuária cada vez mais produtiva e profissional.

“O Circuito Expocorte é uma grande oportunidade de atualização e de oferecer mais conhecimento aos pecuaristas da nossa região, visto que teremos a presença de palestrantes com experiência que poderão dividir o que sabem. Acredito que tudo o que é aprendizado é válido. Estamos esperando um grande número de participantes e incentivando que todas as pessoas ligadas à pecuária estejam presentes, afirma o presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.

Programação

A programação do workshop está dividia em quatro blocos. No primeiro dia do evento (15/10), o especialista em proteína animal, Osler Desouzart ministra a palestra “Cenário da pecuária de corte: 2014 é um divisor de águas?”. “Pretendo mostrar o que devemos esperar no mercado internacional de carnes nos próximos 10 anos, que espécies prevalecerão, qual será a quantificação da demanda, onde essa ocorrerá e no caso específico da carne bovina, quem são e serão os principais atores na produção, importação e exportação hoje e nos próximos 10 anos. Se antes todos os esforços de melhoria se centravam da porteira para dentro, buscando aumentar eficiência e produtividade, hoje constatamos que o produtor bovino mostra um grande interesse em aprimorar seus conhecimentos da porteira para fora”, avalia o consultor.

Em seguida, Antônio Chaker, coordenador da equipe de consultores da Terra Desenvolvimento Agropecuário, falará sobre o desafio de obter bons trabalhadores e como lidar com a situação. Sua palestra é intitulada “Mão de obra ou Recursos Humanos”.

Em seguida, os palestrantes protagonizam um debate com os participantes, mediado pelo coordenador do Circuito ExpoCorte, Moacyr Seródio.

No segundo bloco, Fabiano Tito Rosa, do Minerva Foods fala da relação entre frigoríficos pecuaristas na palestra “Do pasto para a mesa: desafios da cadeia produtiva da carne bovina”. Na sequência, o médico veterinário Renato dos Santos, responsável pela área de Manejo Racional da Beckhauser trata da importância econômica do bem-estar animal em animais de produção. Ainda neste bloco o consultor Alberto Belentani aborda os aspectos práticos da regularização ambiental e suas interações, seguido pela apresentação do zootecnista Daniel de Carvalho, da CRI Genética sobre planejamento genético na prática. Mais um debate encerra a programação do dia.

Segundo dia de workshop

Na quinta-feira (16/10), a primeira palestra será de Danilo Figueiredo, da Tortuga, traçará um panorama da evolução da tecnologia de nutrição, seguido pela palestra “Ferramentas que eu deveria estar usando no sistema de cria”, ministrada pelo médico veterinário da Philbro, Diede Loureiro e pela apresentação “Boi sem pasto adequado não rende”, do engenheiro agrônomo, Roberto Risolia, da Dow AgroScienses.

Ainda no terceiro bloco, o médico veterinário Robson Stellato, da Pfizer Saúde Animal fala sobre como e quando usar a castração a ser favor. Em seguida, o diretor da Sociedade Rural Brasileira (SBR), Francisco Vila, que também é coordenador de conteúdo do Circuito ExpoCorte abordará um tema bastante desafiador para a pecuária: a sucessão nas fazendas.

O último bloco do evento, mais dedicado aos desafios regionais, terá uma palestra com o coordenador da CNA (Confederação Nacional da Agricultura) a respeito da Plataforma de Gestão Agropecuária – PGA. O pecuarista Epaminondas Andrade, da Fazenda Vale do Boi, localizada na região de Araguaína, compartilha com os participantes a sua experiência de gestão na fazenda. Lucas Coelho Peres, da Clivar Reprodução Bovina apresentará modelos de fazendas produtivas e improdutivas do Norte do País. O debate final será mediado pelo leiloeiro Eduardo Gomes, com a participação do presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino.

Para encerrar o evento será realizado o Leilão Oficial do Circuito ExpoCorte, às 18h, com a oferta de mais de 2 mil animais de cria, recria e engorda, provenientes de propriedades de todo o estado de Tocantins. O remate é promovido pela JM Leilões.

Feira de negócios

Em paralelo às apresentações, os participantes terão contato com as principais novidades tecnológicas apresentadas por empresas de referência do setor pecuário que estarão na feira de negócios que compõe o evento. Estão confirmadas para a etapa de Araguaína as empresas Dow AgroSciences, Minerva Foods, Philbro, Zoetis, Taura, Tortuga - DSM, Beckhauser, Bellman, Ourofino, Arysta, CRI Genética, ABS Pecplan, Associação Brasileira de Criadores de Senepol, Arysta, Agronorte Nutrição Animal, Caltins, Granforte, Minerthal e Disbrava/Ford.

As inscrições para participar do workshop estão abertas e podem ser feitas pelo site www.circuitoexpocorte.com.br. A inscrição inteira custa R$ 300,00 e a meia R$ 150,00.

Sobre o Circuito ExpoCorte

O Circuito ExpoCorte foi criado com a finalidade de levar tecnologia e discussão para os principais polos de produção pecuária do Brasil. Em sua terceira edição em 2014, o evento passou por Cuiabá (MT) em março, Campo Grande (MS) em julho, Ji-Paraná (RO) em setembro. Depois de Araguaína (TO) em outubro, a edição finaliza em Uberlândia (MG) nos dias 11 e 12 de novembro.