Economia

Foto: Divulgação

Em sua 3ª edição, a Feira de Negócios realizada pelos alunos da Escola Sesi Marlei Maria Moreira apresentou os conceitos, domínios e vivências do mundo dos negócios na última sexta, 10/10, à noite. O projeto foi desenvolvido durante oito meses pelos alunos da disciplina de Empreendedorismo e foi apresentado aos pais e a comunidade na sede da escola em Araguaína.

A feira foi aberta ao público em geral e disponibilizou vinte estandes com atrativos como música ao vivo, praça de alimentação, playground, cinema, games, produtos ecológicos, artesanato e confecções.

A iniciativa pretende desenvolver a cultura empreendedora, utilizando conceitos de práticas do mercado e projetos que oportunizem a maturidade dos alunos. Para isso, eles construíram um plano de negócios com todas as etapas, a partir do desafio de produzir, negociar e obter lucro, sendo avaliados por todas as disciplinas. O projeto contou ainda com a parceria do Sebrae que incluiu os alunos de 6º a 9º no Ensino Fundamental no programa Jovem Empreendedor Primeiros Passos (JEPP).

“O Sesi tem como referencial atender a indústria. Partido dessa premissa, o empreendedorismo surgiu como componente curricular do Ensino Fundamental e o estendemos ao Ensino Médio como projeto de aprendizagem. Surgiu então a necessidade da feira para a culminância do projeto realizado durante o ano inteiro”, explica a diretora da escola, Leida Maria Elias.

Foram abordados pelos alunos desde temas livres à Papelaria e Artesanato Sustentável e Empreendedorismo Social. Toda a renda arrecadada será doada a instituições carentes de Araguaína. “A disciplina de empreendedorismo prepara os nossos alunos para o mundo dos negócios e também para a vida”, disse o professor e coordenador de projetos, Evandiel Barros.