Estado

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (Sindifiscal), esclareceu não pactuar ou reconhecer como legítima a atuação de pessoas que se passam por representantes do fisco estadual no Tocantins, coagindo comerciantes a comprar bilhetes para concorrer ao sorteio de um carro zero quilômetro e/ou a comprar cotas de patrocínio em revista.

De acordo com o órgão, tais práticas vêm sendo denunciadas por empresários de várias cidades do Estado e já foram relatadas às autoridades competentes.

O Sindifiscal orienta a população em geral, em especial os empresários, que não se submetam à coação e denunciem à polícia a prática ilegal e imoral. 

Por: Redação

Tags: Sindifiscal