Polí­tica

Foto: Divulgação

Os partidos políticos já começam a se preparar para a nova gestão e muitos dos que apoiaram o atual governo já começam a analisar a relação com a próxima gestão. O PRB, por exemplo, legenda presidida pelo deputado federal Cesar Halum pretende ser independente na nova gestão. “O PRB é um partido independente nós fizemos coligação com Sandoval mas nosso compromisso era só até eleição e vamos trabalhar para fortalecer partido e aguardar a evolução dos fatos”, informou o deputado em entrevista ao Conexão Tocantins.

Segundo o deputado, o partido é independente mas está disposto a dialogar com o novo governo. “ Nosso partido não é apêndice de nenhum outro partido no Estado e o novo governo o que pode esperar de nós é que se não ajudarmos atrapalhar nós não vamos”, disse Halum.

Além de partidos alguns deputados eleitos na oposição já se mostraram abertos para conversar com a próxima gestão. Além de Jorge Frederico (SD) e Mauro Carlesse do PTB que já afirmaram ter abertura para diálogo o deputado eleito e atual vereador da capital, Cleiton Cardoso (PSL) também disse estar disposto a conversar com o governo. “Estou aberto com certeza também fui eleito oposição a Amastha e hoje sou da base dele”, comparou. O parlamentar disse que vai tomar a decisão após a diplomação e da posse quando se iniciarem as conversas.

O novo governador já começa a ampliar a base de deputados e o momento decisivo será a eleição do novo presidente da Assembleia que acontecerá em fevereiro.

PR mais flexível

Outras legendas como o PR, por exemplo, prefere ainda não se manifestar sobre o assunto. O senador Vicentinho Alves, atualmente no SD mas que se prepara para assumir o comando da legenda, disse que está finalizando os detalhes na sua ida para a legenda e já adiantou que fará um trabalho para fortalecimento da sigla.

Sobre a relação com o novo governo o senador frisou que só pode comentar quando sua filiação for efetivada. Do partido José Bonifácio é aliado de Marcelo mas Luana Ribeiro é oposição á nova gestão.

Peemedebistas na expectativa

 Dentre os peemedebistas a expectativa para o novo governo também é otimista. O deputado José Pugliese comentou ao Conexão Tocantins que Marcelo Miranda deve fazer o melhor governo da história. “ Minhas expectativas são as melhores do mundo, o povo esperou muito por essa mudança, será o melhor governo da história do Estado”, frisou.

Segundo o deputado a atual gestão foi a mais desastrosa e pecou na transparência e qualidade dos gestores. Pugliese, que não terá mandato no próximo ano, frisou que está à disposição para ajudar no próximo governo.

Outro peemedebista histórico, ex-governador e atual prefeito de Paraíso, Moises Avelino avaliou que espera que Marcelo faça realmente a mudança que pregou na campanha. “Espero que ele faça um governo mais moderno e planejado e inove na gestão pública”, opinou.

O deputado federal eleito e ex-governador Carlos Gaguim já faz até planos para começar sua atuação na Câmara Federal. “Estou me reunindo com representantes de classes, dos professores, dos médicos, da Políca Militar já preparando e pesquisando projetos para apresentar em prol das categorias”, disse ao ressaltar sua ligação com a Polícia Militar. Gaguim disse que vai se reunir essa semana com Marcelo para se colocar à disposição para trazer recursos e ajudar o Estado no que for preciso. “Vou fazer um trabalho direcionado para trazer recursos”, frisou.