Polí­tica

Foto: Divulgação

O coordenador da equipe de transição, ex-secretário Herbert Brito aguarda para às 15 horas desta quinta-feira, 13, uma reunião prevista para ultimar os últimos detalhes da minuta do decreto que vai autorizar o início dos trabalhos de transição. O coordenador aguarda a confirmação de uma audiência com o Controlador Geral, Ricardo Eustáquio que estava em viagem.

“Estamos aguardando  a confirmação  para apresentar o documento com a  sugestão do decreto”, frisou. O governador eleito Marcelo Miranda (PMDB) escolheu junto com os partidos aliados seis nomes para a comissão, incluindo o coordenador, porém, os nomes ainda estão em análise final e devem ser divulgados oficialmente em breve.

O PT indicou o professor Adão Francisco, que fez o plano de governo do partido  na comissão. Já o PV, estuda o nome de um técnico para fazer a indicação. 

Além da sugestão dos nomes técnicos escolhidos pelo grupo do novo governo, o coordenador pretende entrar em acordo com o governo sobre o prazo para a entrega das informações que serão solicitadas pela comissão.

A transição vai permitir o repasse de dados sobre todas as áreas e pastas da gestão bem como acesso às informações econômicas do Estado para que a nova gestão assuma sabendo da situação do Estado.

Com base no trabalho da equipe técnica de transição, o grupo do novo governo pretende embasar as definições sobre a estrutura administrativa da gestão. Como o coordenador já disse ao Conexão Tocantins, Marcelo já trabalha no enxugamento da estrutura e quer uma máquina mais leve e eficaz.