Meio Ambiente

Foto: Divulgação

O Projeto Taquarussu: uma fonte de vida, uma iniciativa da Odebrecht Ambiental | Saneatins em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), Prefeitura de Palmas, Instituto de Conservação Ambiental The Nature Conservancydo Brasil (TNC), Agência Nacional da Água (ANA), da Fundação Grupo Boticário, Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) e demais parceiros, chega a importante fase de apresentação do ciclo de estudos, que acontecerá nos dias 1 e 2 de dezembro, às 14h, no auditório da Estação de Tratamento de Água – ETA 06, em Palmas.

Durante a programação serão apresentados estudos como o levantamento ambiental e social da região, monitoramento hidrológico da bacia, entre outros e futuras ações. Segundo Fabíola Preihs, Responsável Socioambiental da Odebrecht Ambiental | Saneatins, “os estudos contribuem para o conhecimento e desenvolvimento local e apresentá-los a todos os envolvidos no projeto é de suma importância para preparar a todos para os próximos passos”.

O Projeto Taquarussu é cadastrado no Programa Produtor de Água, da Agência Nacional de Águas, que incentiva produtores rurais a protegerem a bacia do Ribeirão Taquarussu. Para isso, eles serão orientados com técnicas de plantio e conservação de solo e preservação das matas ciliares. O projeto ainda prevê recuperação de áreas degradadas e replantio. Na próxima semana será aberto o 2º edital para inscrições de proprietários de terras da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Taquarussu interessados em se tornar “Produtores de Água”. (Da assessoria)

Por: Redação

Tags: Odebrecht Ambiental, Projeto Taquarussu