Palmas

Foto: Valério Zelaya

Mais oito bairros passam a contar com rede de tratamento de esgoto na Capital, com o  funcionamento da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Santa Fé,  inaugurada nesta quarta-feira, 17, pela Oderbecht Ambiental Saneatins em parceria com a Prefeitura de Palmas. 

A nova Estação atende os bairros, Maria  Rosa, Belo Vale, Morada do Sol I, Santa  Fé, Morada do Sol II, Morada do Sol III e Setor Canaã, e é resultado do investimento de R$ 240 milhões. As estações de tratamento de esgoto da Região Sul são fruto do plano de investimentos da Odebrecht Ambiental|Saneatins para expansão e modernização dos serviços de distribuição de água tratada e coleta e tratamento de esgoto na Capital. 

De acordo com informações da Odebrecht Ambiental Saneatins, Somada às ETEs Santa Bárbara e Taquari, em fase de conclusão, as novas estações beneficiarão 100 mil pessoas com coleta e tratamento de esgoto. Além das estações, 290 quilômetros de redes coletoras, já em implantação, atenderão os bairros Taquari, Santa Bárbara, Bela Vista, Sol Nascente, Setor Sul, Santa Fé, Vale do Sol, Setor Canaã, Morada do Sol, Maria Rosa, Aureny IV, Irmã Dulce, Vila Piauí e Taquaralto. 

Para o prefeito de Palmas, Carlos Amastha os investimentos em saneamento básico são fundamentais para o desenvolvimento da Capital. “Esgoto é tudo, não podemos falar em primeiro mundo sem tratamento de esgoto,  hoje cada R$ 1,00 investido em saneamento básico representa a economia de R$ 6,00 em saúde”, frisou. 

Ainda segundo Amastha, a previsão é de que o tratamento de esgoto se torne universal em Palmas ainda em 2015. Já o presidente da Odebrecht Ambiental Saneatins, Pablo Andrião, informou que  já no início do próximo ano a empresa colocará em funcionamento as ETEs Santa Bárbara e Taquari. “Cuidar da água, do esgoto, é cuidar de gente”, disse. 

Presente no evento o presidente da Associação de Moradores do Morada do Sol I,  ressaltou que o saneamento  básico no bairro é uma conquista de mais de 20 anos de luta. “Hoje podemos nos orgulhar de termos asfalto e esgoto no nosso bairro”, finalizou. (Secom Palmas)

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Prefeitura de Palmas