Educação

Foto: Divulgação

Para despertar o interesse pela leitura, o Sesc Tocantins realiza o projeto Mediadores de Leitura, que atende escolas e comunidades de Palmas. Em 2014, três escolas foram visitadas pelo projeto, além dos atendimentos realizados por meio do BiblioSesc. 

A Escola de Tempo Integral Monsenhor Pedro Pereira Piagem, a Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Vila União e a Escola de Tempo Integral Sueli Reche, em Taquaruçu, foram as unidades escolares atendidas em 2014.

Os mediadores são selecionados por meio de um curso de formação em Mediação de Leitura Literária e, após o curso, é realizada a seleção da equipe. “Todos os anos, 10 mediadores são selecionados para atuar no Projeto. O próximo processo seletivo será em março. A comunidade em geral pode se inscrever para fazer a oficina, mas para concorrer a vaga de estágio no projeto é necessário que os candidatos estejam cursando Letras, Artes, Pedagogia ou Comunicação Social”, explica a promotora de literatura do Sesc Tocantins, Geovana Lima. 

O programa Mediadores de Leitura se desenvolve em três etapas: a formação, as rodas de leitura e o Festival de Causos e Poesia Declamada. O objetivo do Projeto é fomentar a leitura, fazendo com que os participantes se aproximem, cada vez mais, dos livros. O projeto consiste, basicamente, na realização de rodas de leituras e dinâmicas em grupo. 

As rodas são realizadas de forma sistemática diretamente na comunidade de Palmas, em escolas, ONGs, associações de moradores e outros espaços onde seja possível incentivar e aproximar leitores do texto literário.

Clique no link ao lado e conheça o projeto: http://www.sescto.com.br/cultura/pagina-literatura-mediadores-de-leituras.

Por: Redação

Tags: Geovana Lima, Sesc