Economia

Foto: Imagem ilustrativa/ Da Web

A equipe de Fiscalização do Procon Tocantins, órgão ligado à Secretaria de Defesa Social, realizou, essa semana, pesquisas nos 11 maiores supermercados de Palmas e Taquaralto, relacionadas aos produtos que serão consumidos durante a ceia de Natal. O levantamento apontou que esses alimentos apresentam variações de preços que vão de 19% até 90%, de um estabelecimento para outro. 

“Deixamos para realizar essas pesquisas uma semana antes da semana do Natal, pois este é o período em que a maioria das famílias procura os estabelecimentos para comprar os produtos que utilizarão na ceia. E o que constatamos foi uma grande variação de preço, então, mais do que nunca, pesquisar é o melhor negócio para economizar e ter uma ceia de Natal mais em conta e mais farta”, revela Francisco Rezende, responsável pela Fiscalização do Procon. 

Quanto às carnes consumidas na ceia, a pesquisa apontou que o quilo do lombo suíno apresentou variação de 35%, podendo ser encontrado a preços entre R$ 11,59 e R$ 17,99. O quilo do pernil suíno é encontrado a preços entre R$ 9,79 e R$ 15,99, uma variação de 38%. O bacalhau, outro produto bastante consumido neste período, é encontrado a preços entre R$ 21,90 a R$ 58,66, o quilo, uma variação de 58%. O quilo do peru é encontrado a preços entre R$ 11,90 a R$ 21,49, variação de 44%. O chester é a carne com menor variação de preço, 33%, sendo o quilo encontrado aos valores de R$ 11,38 a R$ 16,99.

Já o panetone (400 gramas) é um dos produtos com maior variação de preço, com 60% de diferença entre um estabelecimento e outro. É encontrado a preços entre R$ 5,98 e R$ 15,25. As nozes, pacote com 250 gramas, também são encontradas a preços com grande variação, de 79%, com preços entre R$ 5,19 e R$ 24,75. A pesquisa registrou ainda que as uvas passas claras, pacote com 200 gramas, apresentaram variação de 90% de um estabelecimento para outro, podendo ser encontradas a preços entre R$ 2,29 a R$ 22,98. O pacote de uvas passas escuras (com 200 gramas) também teve uma variação de 85% nos preços, podendo ser encontrado aos valores de R$ 2,28 a R$ 15,90.

Entre as frutas consumidas na ceia, o quilo do pêssego in natura apresentou variação de 73%, com preços entre R$ 4,49 a R$ 16,99. O quilo da nectarina também variou 70%, e pode ser comprado a preços entre R$ 4,49 e R$ 15,29. 

Entre as bebidas, o champanhe espumante (cidra) foi o que apresentou maior variação de preço, 80%, e pode ser encontrado aos valores de R$ 3,49 a R$ 17,90.

A pesquisa ainda revela que entre um estabelecimento e outro, o valor final da compra para a ceia de natal pode variar até 55%. A compra mais barata sai a R$ 118,01 e a mais cara a R$ 262,85. 

A pesquisa completa traz os preços de 31 produtos, detalhando o valor praticado por cada estabelecimento. Para conferir essas informações, o consumidor pode acessar o site do Procon, www.procon.to.gov.br, no link “Pesquisas”. 

Procon

O Procon lembra ao consumidor que queira entrar em contato com o órgão, que a ligação para o número 151 é gratuita e divulga o endereço dos Núcleos de Atendimento: Palmas (Centro – Qd. 104 Sul Rua SE 09, lote 36 e Taquaralto – Rua 10, Qd.34,Lote 02, Sala 02), Gurupi (Av. Maranhão, nº 1225, Qd.44, Lote 01), Dianópolis (Rua Solimar Vieira, nº 195), Porto Nacional (Rua Bartolomeu Bueno, nº 2129), Guaraí (Rua 02, nº1349), Colinas do Tocantins (Av. Tocantins, nº 1668), Araguaína (Av. Paranaíba, nº 1743, Sala 02, Centro), Araguatins (Rua Álvares de Azevedo, nº 715) e Tocantinópolis (Av. Nossa Senhora de Fátima, nº 1327).