Palmas

Foto: Divulgação

A Superintendência da  Defesa Civil Municipal orienta a população palmense quanto aos cuidados que deve ter em período de chuvas intensas. O aconselhável como prevenção, antes da chuva, é ter alguns cuidados básicos como: não jogar lixo ou entulho em bueiros (boca de lobo) e nos córregos, para não obstruir a passagem da água.

As residências próximas a córregos podem inundar, por isso a atenção dos moradores deve ser redobrada. De acordo com o superintendente da Defesa Civil Municipal, Iranilto Sales, na ocasião de chuvas intensas é importante estar alerta quanto ao vento e ao nível de água. "Se estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro e não deixe crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou ser contaminadas, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose", informou.

Em caso de tempestades com descargas elétricas, com vento forte, permanecer em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados. É aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos. 

Quanto a alagamentos, inundações e enxurradas, deve-se evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios, lagos e ribeirões. Em situação fora do controle é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal pelo telefone 190 ou 193 do Corpo de Bombeiros evitar as atividades de pesca ou utilizar embarcações em momento de ventos fortes. 

Ao perceber ameaça de inundação, manter os móveis e eletrodomésticos suspensos, proteger roupas e documentos, ao deixar a residência, desligar o padrão de água e energia e soltar os animais.

Mesmo o período chuvoso sendo considerado de normalidade, 210 milímetros com expectativa média se comparado aos últimos 30 anos, há previsão de chuva. "Portanto, é importante seguir as dicas de segurança para evitar transtornos como contaminação, curto-circuito, enchentes e alagamentos", lembra Sales. 

Por: Redação

Tags: Defesa Civil, Iranilton Sales