Estado

Foto: Divulgação

O governador Sandoval Cardoso (SD) publicou no Diário oficial 120 promoções para policiais militares. As promoções acontecem mesmo após ação do Ministério Público Estadual que apontou uma “farra” de promoções que teriam sido feitas por indicações de deputados estaduais, federais, senador e até vereadores da capital.

Sandoval  promoveu os militares por excepcionalidade e até o deputado estadual sargento Aragão (Pros) que defende a Polícia Militar na Casa de Leis, foi promovido e passa a ser tenente-coronel numa série de atos do governador, como mostra o Diário Oficial do Estado. Aragão sempre foi oposição ao atual governo.

Em entrevista ao Conexão Tocantins na semana passada Sandoval negou que as promoções fossem feitas por indicações de políticos porém o MPE tem uma lista de nomes que teriam sido indicados através de ofícios para o governador.

Como o Conexão Tocantins mostrou o juiz da 2ª vara dos feitos das fazendas e registros públicos, Agenor Alexandre da Silva negou liminar ao MPE, suspendendo as promoções. A alegação foi de falta de provas.

Ao todo a atual gestão promoveu mais de 4 mil policiais, muitos deles,segundo o MPE sem o tempo necessário para as promoções. Caberá à próxima gestão avaliar a legalidade dos atos. (Atualizada às 13h40)