Polí­tica

Foto: Elizeu Oliveira

O governador eleito Marcelo Miranda (PMDB) garantiu em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 31, que uma das medidas que tomará será viabilizar o pagamento do salário de dezembro dos servidores que possivelmente ficará em aberto pela atual gestão.

“Já determinei ao secretário da fazenda que fique atento com relação a isso para tomar todas as providências necessárias”, disse. Segundo o governador os servidores não podem ser penalizados com a falta do pagamento. “ Queremos que os servidores tenham orgulho do Estado”, disse.

Marcelo afirmou no final da coletiva com a imprensa que se sente realizado. “ Mágoas, rancor, nós deixamos de lado. Perdoar os que perdoaram. A partir de amanhã vocês terão uma equipe de parlamentares comprometidos na Assembleia como na Câmara Federal e no Senado”, disse.

Os servidores temem que o atual governo não pague o salário e deixe para  aproxima gestão.

Outra situação que Miranda comentou foi o fato do Estado não ter sequer encaminhado a Lei orçamentária para a Assembleia Legislativa. “ Isso é muito preocupante, é inédito na história do Estado”, frisou. O peemedebista comentou também que as primeiras ações emergenciais serão nas áreas da saúde e segurança Pública além da regularização da situação dos fornecedores que estão há receber há mais de cinco meses.