Estado

Foto: Divulgação Secretários tomam pé da situação e averiguam atos do governo anterior Secretários tomam pé da situação e averiguam atos do governo anterior

Os secretários do Governo estadual estão averiguando in loco a situação de cada pasta nesta primeira semana de trabalho. A Procuradoria Geral do Estado já pediu a avaliação de todos os contratos e atos do último governo em todas as áreas e pode ingressar com ações contra os ex-gestores se as irregularidades forem comprovadas.

Segundo o Procurador Geral do Estado, Sergio do Vale afirmou ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 6, o momento ainda é de avaliação. “ Até o momento não há conclusão sobre ilegalidade mas tudo o que estiver ilegal todas as ações serão tomadas para responsabilizar os responsáveis”, frisou.

Vale deixou claro que todos os atos do governo anterior principalmente os que dizem respeito a pessoal e ainda sobre o concurso do Quadro Geral estão sendo amplamente avaliados. “Tem que avaliar a legalidade do ato e ver se os cofres públicos podem suportar o impacto”, disse.

A atual gestão encontrou 10 toneladas de medicamentos vencidos o que já é um indício de ato grave que pode resultar em ação contra os ex-gestores responsáveis pela área. “Os medicamentos vencidos são indícios gravíssimos de má aplicação do dinheiro público”, admitiu o procurador. Além dos medicamentos a atual gestão teve que fazer um levantamento das máquinas do Estado já que há várias denuncias de uso irregular destes equipamentos que também estão sendo apuradas.

O governo informou oficialmente ao Conexão Tocantins que as medidas jurídicas serão tomadas apenas após apuração completa. “Por enquanto tudo está em processo de avaliação”, informou o secretário de Comunicação, Rogério Silva.