Estado

Foto: Lia Mara

O governo estadual por meio da Comissão Emergencial para Discussão dos Problemas Orçamentários e Financeiros anunciou na tarde desta quinta-feira, 8, que o pagamento dos servidores públicos referente ao mês de dezembro será pago em parcela única na próxima segunda-feira, dia 12 e os servidores poderão sacar o dinheiro no dia 13. 

O anúncio foi feito pelos secretários do Governo no Palácio Araguaia. Já o pagamento do salário do mês de janeiro será efetuado no dia 12 de fevereiro.

Segundo as informações repassadas pela Comissão Emergencial para Discussão dos Problemas Orçamentários e Financeiros, o aumento de R$ 37 milhões do Fundo de Participação dos Estados (FPE), destinado ao Tocantins neste mês, foi um dos aspectos que viabilizou o  pagamento dos 54 mil funcionários do Estado, referente ao mês de dezembro.  O atual governo recebeu da gestão anterior uma folha a ser paga no valor de R$ 258 milhões.

Entenda o caso

O Governo do Estado havia decidido - devido às condições financeiras que recebeu a gestão - que o salário dos servidores referente ao mês de dezembro seria parcelamento em quatro vezes. A decisão foi tomada sem ouvir as entidades sindicais que em seguida se manifestaram através de nota contra o parcelamento. Em meio á polêmica o governo mostrou o extrato da conta do Estado comprovando que recebeu com saldo negativo.

Insatisfeitos com a medida do governo, servidores desabafaram nas redes sociais.

A Defensoria Pública, inclusive, encaminhou nesta última quarta-feira, 07, recomendação ao Governo do Estado para que quitasse com o salário dos servidores até o dia 8, quinto dia útil do mês. A Defensoria considerou o parcelamento ilegal. (Matéria atualizada às 17h27min)

Confira todas as matérias relacionadas  (Atualizada às 20h05)