Estado

Foto: Divulgação Juca assumiu oficialmente recebendo o cargo da ministra interina Ana Cristina Wanzeler Juca assumiu oficialmente recebendo o cargo da ministra interina Ana Cristina Wanzeler

O Secretário Estadual de Educação, Adão Francisco de Oliveira, participou da cerimônia de transmissão de cargo do Ministro da Cultura, Juca Ferreira, nesta segunda-feira, 12, no Teatro Funarte Plínio Marcos, em Brasília. Juca assumiu oficialmente, recebendo o cargo do até então ministra interina, Ana Cristina Wanzeler.

Durante o discurso, Juca defendeu o aumento de investimentos no setor da cultura. “Faremos um esforço conjunto com o Congresso Nacional nos próximos meses para aprimorar o sistema de financiamento da cultura, modernizar a legislação de direitos autorais e criar uma política nacional para as artes”, disse.

Para o Secretário Adão de Oliveira, esse é o momento do Tocantins retomar e ampliar o desenvolvimento dos projetos culturais. “Nós temos certeza que com essa gestão, nosso estado terá oportunidades para executar as atividades culturais e fortalecer as políticas públicas voltadas para o setor, por meio do amplo diálogo e participação social”, destacou.

A expectativa do professor é de um trabalho articulado para resgatar a parceria entre o Tocantins e o Ministério da Cultura.

Educação

O Ministro reforçou ainda que a educação é  prioridade do novo mandato. "Não existe educação democrática e libertadora sem o que a cultura pode oferecer, mas para isso é necessário seguir avançando no desenvolvimento de projetos abrangentes, inovadores e do bom uso dos recursos públicos”, concluiu.

Por fim, Juca Ferrreira ressaltou que o Ministério da Cultura voltará a ser espaço para  todos os artistas e ativistas. “O Minc será o  lugar da memória e da inovação, das raízes tradicionais e da nova ousadia criativa da imaginação”, concluiu.

A solenidade de transmissão de cargo contou com a presença do Secretário de Representação do Tocantins, Renato de Assunção, além de ministros, secretários de Cultura, parlamentares, embaixadores e representantes de diversos segmentos culturais. (Ascom / Seduc)