Polí­tica

Foto: Divulgação

Os prefeitos Leonardo Cintra (Chapa - O Trabalho Continua) e João Emídio (Chapa - Ação Municipalista) estão visitando outros gestores em seus municípios, a fim de angariar votos para as eleições rumo à presidência da Associação Tocantinense de Municípios (ATM). O pleito ocorre no próximo dia 29, das 9 às 17 horas, no auditório da instituição, região Central de Palmas. ´

De acordo com os candidatos, o processo eleitoral tem corrido dentro da normalidade e da legalidade. “As duas chapas concorrentes estão devidamente registradas e temos mostrado aos companheiros prefeitos, todo um trabalho sério já realizado por nós, durante esses dois anos em que estamos frente à presidência da ATM, por isso, pleiteamos a reeleição”,  destaca o prefeito de Almas e atual presidente, Leonardo Cintra.

Para o prefeito de Brazilândia, João Emídio, o processo é salutar e corre normalmente. “Tenho encontrado com diversos prefeitos e colocado para eles as nossas boas intenções frente à ATM. Acredito que esse planejamento é para nós, grande aliado”,  destaca João Emídio.

Governo diz não interferir

O Secretário de Governo, Paulo Sidney Antunes, assegurou que nem o Governador Marcelo Miranda, e nem ele, o próprio secretário irão intervir no processo eleitoral para a presidência da ATM.

“Que vença o candidato que tiver o voto da maioria dos prefeitos. Não vamos intervir no processo eleitoral da ATM até porque temos muitos problemas a resolver no Estado”, assegurou Paulo Sidney.

De acordo com Leonardo Cintra, essa atitude de não interferência do Governo do Estado é louvável. “Quero aplaudir essa postura sensata do Governador e do secretário Paulo Sidney em deixar que os próprios prefeitos escolham a chapa de sua preferência e confiança, até porque a eleição é entre nós”,  argumenta Cintra.

João Emídio acredita que a eleição da ATM é de grande importância para o Estado, pois segundo ele: "É nos municípios que as pessoas moram. As equipes do Governo com certeza irão opinar. Os prefeitos que fazem parte do processo, deputados e demais lideranças", ressalta João Emídio, acrescentando que seu projeto de administração  para a ATM é de grande importância para os municípios e consequentemente, para o Estado. (Ascom ATM)